01:36 18 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Svart

    Hotel inspirado em nave alienígena será construído no Ártico (FOTOS)

    © svart.no
    Mundo insólito
    URL curta
    0 11

    Primeiro hotel no Ártico, em forma de anel e com uma vista panorâmica de 360 graus para as paisagens geladas da Noruega, produzirá sua própria energia.

    Chamada de Svart, a construção localizada no sopé da geleira de Svartisen, na beira de um cristalino fiorde ártico, será o primeiro hotel do mundo a cumprir com os padrões de eficiência energética, informa o seu próprio website.

    O Svart será construído parcialmente sobre terra e parcialmente sobre colunas apoiadas no fundo do fiorde, oferecendo uma sensação "quase transparente", o que é um ponto de venda especial, visto que está localizado na área do "sol da meia-noite". O hotel, com 15 mil metros quadrados, será inaugurado em 2021 e sem acesso por nenhuma rodovia. Os turistas deverão usar um barco para visitar o hotel, que também será neutro em termos energéticos.

    O objetivo é criar um hotel que minimize o rastro deixado na natureza norueguesa. O primeiro hotel de "energia positiva" consumirá 85% menos energia em comparação com outros hotéis existentes. A energia solar será suficiente tanto para a construção do prédio como para as suas futuras operações.

    Svart foi projetado pelo escritório de arquitetura norueguês Snohetta em parceria com a operadora turística Artic Adventure da Noruega. Ele é um dos cinco hotéis "autossuficientes em energia" que serão construídos na Noruega e o primeiro situado em clima ártico.

    "Construir em um ambiente tão precioso exige algumas obrigações evidentes em relação à preservação da beleza natural da fauna e flora da região. Foi importante para nós projetar um edifício sustentável que minimizasse a intervenção nesta bela natureza do Norte", disse Kjetil Traedal Thorsen, da Snohetta, em comunicado à imprensa.

    Embora o formato circular ultramoderno do hotel ofereça visões panorâmicas do fiorde, os arquitetos admitiram que a forma é inspirada nas tradições locais de construções costeiras usadas na edificação de cabanas de pescadores e estruturas para secar peixes, privilegiando sempre as soluções "verdes".

    Cada detalhe dos quartos do hotel, restaurantes e terraços será disposto de modo a aproveitar ao máximo a energia solar. O telhado do hotel será coberto por painéis solares produzidos localmente. Uma grande parte do edifício será feita com madeira, que produz emissões de gazes de efeito estufa mais baixas do que o aço e concreto.

    Svartisen ("gelo preto") é um termo coletivo para as duas maiores geleiras localizadas no norte da Noruega e que fazem parte do parque natural do mesmo nome.

    Mais:

    Hubble tira FOTO de galáxia com idade dos dinossauros
    Cientistas registram anomalia sem precedentes no Ártico
    Magníficas luzes da aurora boreal iluminam porto ártico russo
    Tags:
    hotel, sustentáveis, energia solar, Noruega, Ártico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik