03:44 19 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Palmeira iluminada

    Que gafe! É por isso que luzes natalinas parecem estranhas em palmeiras (FOTOS)

    © AP Photo / Eric Risberg
    Mundo insólito
    URL curta
    4110

    Imagens de palmeiras decoradas com luzes natalinas provocaram piadas nas redes devido a sua aparência involuntariamente engraçada.

    Parece ser uma boa ideia decorar palmeiras com pisca-pisca de Natal. No entanto, imagens das árvores iluminadas na cidade italiana de Civitanova Marche provam o contrário.

    A foto da praça da cidade cheia de objetos luminosos de forma fálica, originalmente partilhada pela blogueira e modelo norte-americana Amanda Cerny, rapidamente se espalhou na Internet.

    A postagem, publicada em 11 de dezembro, já recebeu mais de 55 mil retweets e mais de 113 mil curtidas.

    "Não acredito que isso seja o significado de um final feliz para o ano", comentou o usuário @LoneWolf2965.

    "Você vê isso como uma razão para não iluminar palmeiras, enquanto eu acho que é exatamente por isso que sempre deve haver luzes nas palmeiras", escreveu outro internauta.

    Mais um usuário lembrou outro fracasso com decorações, partilhando uma imagem tirada em 2015 na cidade grega de Heraklion, que circula nas redes sociais desde então.

    A reação do público não envergonhou as autoridades de Civitanova Marche, muito pelo contrário. Eles acharam seu fracasso engraçado, notando que as palmeiras em formato de pênis brilhosos "ajudaram a trazer um entusiasmo para a região", segundo o jornal Cronache Maceratesi.

    Semelhantes fotos de palmeiras iluminadas têm aparecido em várias redes sociais, provocando cada vez uma onda de piadas e risadas.

    ​"Talvez seja por isso que a maioria das pessoas não decora palmeiras no período natalino"

    Mais:

    Misteriosas luzes no céu deixam norte-americanos perplexos (FOTO, VÍDEO)
    Homem filma momento em que esposa é atacada por tubarão durante lua de mel (VÍDEO)
    Tags:
    árvores, Natal, decoração, gafe, Grécia, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik