17:54 21 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Artyom Martirosyan com sua filha, leoa Legenda

    Como criar um leão em casa? Jovem russo conta sua história incrível (FOTOS, VÍDEO)

    © Foto: Artyom Martirosyan
    Mundo insólito
    URL curta
    370

    Gatos, cachorros, tartarugas, serpentes e morcegos como animais de estimação já não surpreendem ninguém. Mas criar um leãozinho pequenino em sua casa já parece ser um desafio. Um habitante da cidade de São Petersburgo contou à Sputnik sua história incrível de amizade com a leoa que ele próprio criou.

    Foi que nem a descarga de um relâmpago. Um jovem de São Petersburgo viu uma foto da pequena leoa que um zoológico da cidade planejava adquirir por "um tempinho".

    Encantado com o filhote, Artyom Martirosyan não conseguiu lidar com isso, e na sequência seus amigos lhe deram "o melhor presente da vida dele".

    Uma nova Lenda na 'capital do Norte' russa

    Foi assim que nas margens do rio Neva, na chamada Veneza do Norte, surgiu uma amizade sem precedentes entre o homem e a leoa. O pequeno animal, batizado como Legenda ("Lenda" em russo), começou sua vida nova em um apartamento humilde no bairro de Rybatskoye no sudeste de São Petersburgo.

    Artyom Martirosyan com sua filha, leoa Legenda
    Artyom Martirosyan com sua "filha", leoa Legenda

    Ainda sendo muito pequenina, a Legenda logo justificou seu nome e virou uma celebridade não só no seu bairro, mas também em toda a cidade, tomando parte de muitos programas de TV e se tornando protagonista de inúmeros artigos e reportagens.

    "Muitos não acreditavam em seus olhos. Quando nós passeávamos, os vizinhos formavam fila para tirar uma foto com a Legenda", relembra Artyom.

    Artyom Martirosyan com sua filha, leoa Legenda
    Artyom Martirosyan com sua "filha", leoa Legenda

    Como manter um leão em apartamento?

    Claro que não é nada fácil criar um leão em casa. Artyom contou à Sputnik França que sua mãe e irmão o tinham ajudado muito durante os primeiros 8 meses que a Legenda viveu em sua casa antes de ir para Crimeia, para o parque safari Taigan.

    "Ao longo de 8 meses, eu não larguei a bebê por nem um minutinho… Mas de qualquer maneira, ela tinha muito medo. Nesses momentos ela fazia tanta bagunça e, literalmente, chorava. É-me difícil relembrar isso", desabafa.

    Artyom contou que não tinha sido nada fácil criá-la e que foi muito parecido com a educação de um filho:

    "No início, tinha que alimentá-la com leite e comida de criança através da chupeta, massajar a barriguinha após as refeições, que nem a um recém-nascido. É preciso estar sempre lá, se esquecer do trabalho, passatempos, amigos. Os mais corajosos me visitavam. Quando ela cresceu um pouco, começou a comer 3, 5 ou mesmo 8 quilos de carne crua por dia."

    A Rainha Leoa

    "A menina é muito forte e tenaz. Eu ensinei-a a lutar como um animal e como um ser vivo", diz Artyom, revelando a um correspondente da Sputnik os "pequenos segredos" da educação paternal.

    Apesar da ternura e do desejo de se comunicar, desde os primeiros dias de convivência a Legenda mostrou seu caráter de verdadeira leoa:

    "Ela é muito ciumenta e por isso não se dá muito bem com as minhas namoradas, pois sente muito bem as pessoas: caso alguém não lhe agrade, nunca mais se aproximará desta pessoa", explica.

    Despedida dolorosa

    A despedida inevitável acabou por ser muito difícil para os dois. Quando a Legenda fez 9 meses, Artyom foi obrigado a enviá-la ao parque safari Taigan na Crimeia.

    "Mas nós não nos despedimos para sempre. Eu e os meus amigos sonhamos com ela cada dia, e ela também sente muito a nossa falta", reconhece o aventureiro.

    Ninguém, frisa ele, vai substitui-la, ao menos que sejam seus próprios filhos.

    O dono inconsolável ou, melhor dito, o "pai" da leoa, diz que após sua partida ele se deu conta que a Legenda precisava estar rodeada por outros animais para comunicar e ter filhotes. Por isso, em um certo momento ele fez sua escolha e a levou para o parque safari Taigan, na Crimeia, onde, entre outros animais, residem dezenas de leões.

    Este parque foi escolhido predominantemente pelo clima da península, pois em São Petersburgo o tempo não costuma ser muito agradável, diz Artyom, que ele próprio já há muito que sonha em se mudar para lá.

    Porém, hoje em dia milhares de quilômetros dividem os dois amigos. Artyom observa sua "filha" em vídeos frequentemente compartilhados pelos proprietários do parque e planeja visitar sua querida Legenda após o Ano Novo.

    Mais:

    Pela primeira vez, gatinhos-do-deserto são filmados em seu habitat natural (VÍDEO)
    Cientistas reclonam 1° cachorro clonado para ver o que acontece
    Amizade samoieda: cachorro cuida de menino como se fosse seu irmão mais velho
    Tags:
    leão, amizade, animais, São Petersburgo, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik