14:18 21 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Boneca de anime

    Empresa japonesa dá dinheiro e dia de folga para funcionários que se casarem com animes

    CC BY 2.0 / Hina Ichigo
    Mundo insólito
    URL curta
    233

    A companhia tecnológica Gatebox Lab de Tóquio oferece incentivos econômicos a quem se casar com personagens virtuais.

    Não é fantasia! Desde quarta-feira (22), a empresa tecnológica reconhece casamentos entre humanos e personagens de anime. É não é só isso: o reconhecimento que inicialmente estará disponível apenas para seus empregados inclui um bônus de cinco mil ienes (R$ 145) para o novo casal, informou o portal Nico Nico News.

    Mas o "felizes para sempre" não para por aí. Os empregados também poderão obter um dia livre para celebrar o aniversário de seu cônjuge virtual – uma vantagem indisponível para a maioria dos assalariados japoneses que mantêm relacionamentos com humanos de carne e osso.

    A empresa tem quatro estilos deferentes de formulários para pessoas que querem se casar com personagens virtuais em seu site: Normal, Futurista, Europeu e Japonês. Para concretizar o romance virtual, é necessário responder a algumas perguntas e revelar detalhes íntimos que somente o casal sabe, ou seja, como se conheceram, de onde surgiu a ideia de namorar, momentos entre os dois e que coisas desejam experimentar como "marido e mulher". Depois de enviar o formulário à empresa Gateboz, a pessoa receberá por correio a certidão de casamento. 

    Essa mesma empresa criou um robô doméstico virtual que custa 3,6 mil dólares (R$ 11,6 mil) que é tanto empregado doméstico como acompanhante. O vídeo que mostra a vida com a personagem virtual de cabelo azul já foi visualizado por mais de dois milhões de internautas no YouTube.

     

    Tags:
    robô, casamento, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik