13:56 28 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    312
    Nos siga no

    Uma funcionária de um jardim zoológico russo quase morreu no domingo passado (5) após ter sido atacada por um tigre siberiano enquanto levava comida para sua jaula.

    O tigre Tufão de 16 anos, que deveria estar em outra parte de seu complexo naquele momento, atacou uma funcionária do Jardim Zoológico de Kaliningrado, Rússia, prendendo-a por cerca de 10 minutos.

    "Quando chegamos, a mulher já estava mordida, toda coberta de sangue. O tigre não saía do lugar. Ele mordia como se estivesse comendo carne. Pessoas atiraram pedras nele, tudo que encontraram", contou uma testemunha.

    O ataque teve lugar perto da cerca que separa os visitantes dos animais.

    Testemunhas atiraram pedras contra o tigre para distraí-lo da mulher. Por não surtar efeito, alguns homens atiraram uma mesa e cadeiras de um restaurante por cima da cerca. O tigre se distraiu e a mulher conseguiu se esconder em um quarto dos fundos.

    A funcionária foi imediatamente internada em um hospital da cidade. De acordo com informações dos médicos, a mulher sofreu múltiplos ferimentos. Seu estado é considerado crítico, mas estável, sem risco de vida.

    Após o incidente, o tigre recebeu um dardo com tranquilizante e foi levado à sua jaula. Tufão nunca tinha reagido agressivamente em relação a pessoas, segundo informações.

    Mais:

    Momento picante: apresentadora tenta ao vivo espantar 'aranha' de seus lugares íntimos
    Policial norte-americano revida bofetada de torcedora com uma mais forte ainda (VÍDEO)
    Tags:
    vítima, tigre, incidente, jardim zoológico, Kaliningrado, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar