08:01 23 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Polícia da cidade russa de Krasnodar

    'Casal canibal' é detido na Rússia por ter comido 30 pessoas

    © Sputnik / Vitaly Timkiv
    Mundo insólito
    URL curta
    1694

    Um homem e uma mulher da cidade russa de Krasnodar, no sul da Rússia, podem ser responsáveis pelo assassinato de cerca de 30 pessoas, que posteriormente teriam sido comidas pelos dois, informou a mídia local, citando a polícia.

    A polícia deteve o casal. Durante a busca na casa dos dois, os policiais encontraram na geladeira sete pacotes com restos de corpos congelados e 19 fragmentos de pele morta. Por sua vez, o casal confessou que guardavam na geladeira partes das vítimas.

    De acordo com a mídia, até agora, a polícia conseguiu identificar sete das vítimas.

    Os vizinhos disseram que dava para sentir do quarto do casal o cheiro de Corvalol – sedativo utilizado na Rússia – e de mendigos. Eles acrescentaram que todas as tentativas de verificar a origem dos fortes odores terminaram em escândalo.

    Desde 1999 o casal vinha sequestrando, matando e comendo suas vítimas.

    O homem foi detido no início de setembro, depois de os restos mortais de uma mulher terem sido encontrados no dormitório militar onde o casal vivia. As partes do corpo estavam em um balde, informou o portal Mir24.

    Posteriormente, em uma das ruas de Krasnodar foi encontrado um celular com fotografias horríveis. Nas imagens dava para ver um homem, aparentemente o suspeito, fotografado com as partes do corpo de uma mulher desmembrada.

    Mais:

    Jihadista canibal vira vítima de ajuste de contas entre extremistas
    Herói ou canibal? Salvadorenho publica sua 'Odisseia' após naufrágio
    Tags:
    crimes, assassinatos, polícia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik