15:56 17 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    341
    Nos siga no

    O Passo Dyatlov, na região russa de Sverdlovsk, é conhecido pelo incidente misterioso ocorrido em 1959, quando nove alpinistas morreram em circunstâncias estranhas. No total, nove pessoas dirigidas por Igor Dyatlov morreram.

    O local da tragédia foi batizado em honra do estudante Igor Dyatlov que, em 1959, liderava o grupo de caminhantes. Dadas as circunstâncias estranhas das mortes, a tragédia levou a uma imensa quantidade de especulações, desde se tratar de um fenômeno paranormal, um caso de espionagem ou até mesmo de ensaios de armas secretas. O incidente despertou a curiosidade internacional.

    Os turistas poderiam ter morrido devido à realização de testes de armas de nêutrons, revela o investigador de fenômenos paranormais Valentin Degteryov.

    Nas proximidades do local da morte, no passo Dyatlov foi encontrado um objeto misterioso que pode estar ligado à tragédia.

    Analisando as imagens recebidas por satélite, Degteryov notou a presença de um edifício abandonado com entre 25 e 30 metros de comprimento e entre 10 e 15 metros de largura. De acordo com o investigador, esta é a parte aérea de um bunker construído durante a Guerra Fria nos Montes Urais.

    Assim, os alpinistas poderiam se encontrar no passo num dia de testes de armas de nêutrons. Isso explicaria a presença de uma substância radioativa na roupa de um dos homens mortos.

    Segundo o investigador, depois do incidente trágico, tanto a base, como os testes tiverem de ser abandonados. A instalação subterrânea foi explodida ou conservada, enquanto a parte superior permanece visível na imagem captada pelo satélite.

    Mais:

    Por que misteriosa tragédia em montanhas russas continua sem solução?
    A história se repete? Mais uma turista desaparece em misterioso monte russo
    Incidente em montanha russa faz lembrar mistério ainda sem resposta
    Homem cai de montanha russa
    Tags:
    incidente, morte, armas, teste, bunker, montes Urais, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar