21:00 22 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    104
    Nos siga no

    A Scotland Yard fez um apelo público pedindo qualquer informação que ajude a determinar a quem pertence um dedo humano encontrado em Londres há quase sete anos.

    De acordo com o jornal britânico The Independent, o dedo foi encontrado em 4 de dezembro de 2010, em um quintal ao lado da estação de Euston.

    Os investigadores colocaram a hipótese de o dedo poder pertencer a uma das vítimas dos ataques terroristas de julho de 2005, quando um homem-bomba se explodiu em um ônibus de dois andares não muito longe do lugar onde foi encontrado o dedo. No entanto, depois da comparação do ADN do dedo com o material genético das vítimas e sobreviventes da explosão, os criminologistas concluíram que o dedo não está ligado ao ataque.

    Além disso, de acordo com a análise, o achado não pertence a ninguém da base nacional de dados de pessoas desaparecidas.

    "Definitivamente é um mistério. Nós esgotamos todas as linhas de investigação, mas não conseguimos determinar a quem pertence o dedo e em que circunstâncias o homem o perdeu", diz o representante do centro de procura de pessoas desaparecidas, Tom Boon.

    A polícia apela aos cidadãos para partilharem qualquer informação que possa ser útil às autoridades.

    Mais:

    Relatos de explosão em Londres; possível foto de suspeito do ataque divulgada
    Homem-bomba se explode em Damasco deixando vítimas
    Tags:
    criminalidade, mistério, investigação, explosão, Scotland Yard, Londres
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar