02:45 21 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Espacate entre caminhões de Van Damme é recriada por bielorrusso

    Espacate entre caminhões de Van Damme é recriada por bielorrusso (VÍDEO)

    © Foto: YouTube/TUT.BY
    Mundo insólito
    URL curta
    0 61

    Lembra-se da espacate épica de Jean-Claude Van Damme entre caminhões em movimento? Um bielorrusso recriou perfeitamente o truque. E isso é apenas a ponta do iceberg – descubra o projeto incrível "Chuck Norris aprova".

    O ator belga realizou seu famoso truque em 2013, usando "um par de pernas projetadas para desafiar as leis da física" e dois caminhões Volvo.

    Em contraste, o performer de acrobacia bielorrusso, Denis Blokhin, fez "a espacate mais épica" entre dois caminhões BelAZ monstruosos em andamento.

    Denis Blokhin não se limitou a apenas um truque de Jean-Claude Van Damme e reproduziu uma cena famosa do filme Kickboxer – O Desafio do Dragão quando a dança do protagonista Kurt Sloane foi brutalmente interrompida por um bando de bandidos – algo de que eles logo se arrependeram.

    A propósito, o grande mestre das artes marciais recriou a cena 26 anos depois do original, provando que a idade é apenas um número.

    Os dois vídeos de imitação são parte de um projeto voluntário chamado "Chuck Norris aprova" destinado a recriar cenas de filmes de artes marciais com participação de Jean-Claude Van Damme, Steven Seagal, Bruce Lee, Jackie Chan, Jet Li, Sylvester Stallone e outros.

    Veja uma luta de rua de Rocky V com Sylvester Stallone, encenada por um engenheiro civil e um especialista em TI.

    Claro, um projeto assim denominado não pode existir sem uma cena de Chuck Norris de Braddock II – O Início da Missão, onde o papel de estrela é desempenhado por um guarda de segurança.

    Mais:

    Crocodilo morde braço de domador e faz 'reviravolta mortal'
    'Barbie humana' revela seus segredos à Sputnik (FOTOS)
    Um russo loucamente destemido faz acrobacias por cima de Toronto
    Tags:
    truques, acrobacia, Bielorrússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik