13:54 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Biscoito de haxixe

    Bebê de 8 meses quase morre após ingerir haxixe

    © flickr.com/ Kate Renkes
    Mundo insólito
    URL curta
    0 27601

    Em vez de uma barra de chocolate, bebê comeu haxixe a agora está sob vigilância médica.

    A criança foi levada a um hospital da cidade italiana de Rivoli em estado de semi-inconsciência e com dificuldades respiratórias. Os parentes enganaram os médicos, dizendo que a criança comera alimento para cães, mas os médicos, após a realização de análises,  acharam no organismo da criança traços de drogas. Os traços eram pouco significativos, mas bastantes para causar uma reação grave.

    Conforme se veio a saber, o bebê de oito meses havia comido um pedaço de haxixe, provavelmente por este ter forma ou cor semelhante a chocolate. Ele achou o pedaço quando brincava no terraço da sua casa onde os seus parentes estavam descansando com os amigos. De Rivoli, a criança foi levada para um dos hospitais da cidade de Torino e o seu estado agora está melhorando.

    Claramente, após um incidente deste tipo foi levantada a questão da competência dos pais: o pai diz que ele e a sua mulher receberam dezenas de mensagens em redes sociais com insultos e por isso a sua vida mais parece um pesadelo.

    "O meu filho se sentiu mal, ele não conseguia respirar e rapidamente nós o levamos ao hospital. Lá desde o início que a forma como nos trataram foi terrível. Não é verdade que nós não informamos sobre o haxixe. Fui eu o primeiro a dizer que ele poderia ter engolido algo," disse pai sobre o acontecimento à mídia local.

    O pai também declara que nem ele, nem a sua mulher consomem drogas e que estão prontos para passar testes para provar isso. O haxixe poderia ter aparecido em casa acidentalmente: "alguém poderia ter trazido ele na sola do sapato", declarou.

    Ainda de acordo com o pai do bebê, citado pela mídia, eles têm nada para esconder.

    Mais:

    Guerra às drogas mata mais de 700 nas Filpinas em menos de dois meses
    Governo Federal vai dar apoio financeiro e logístico para combater o narcotráfico no Rio
    Tags:
    drogas, crianças, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik