09:49 13 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    0 02
    Nos siga no

    Como eram criminosos, não puderam ser transportados em voo comercial. O governo alemão teve que afretar um avião privado.

    Para transportar os três homens para a Guiné era necessário pagar não só o avião e o trabalho de sua tripulação, mas também os 13 policiais e um médico, que escoltaram os refugiados perigosos, informa o jornal alemão Bild, se baseando em sua fonte no Ministério do Interior alemão. Governo alemão gastou 125 mil euros (R$ 456 mil) a deportar os criminosos.

    Esta não é a primeira vez que as autoridades alemãs gastam demasiado com uma deportação. No início do ano, eles mandaram um refugiado para a Bulgária. Qual foi o preço da Justiça? Cerca de 19.000 euros (R$ 70.000), segundo o Bild.

    De acordo com um relatório do governo federal alemão, as deportações em 2016 custaram na ordem de várias dezenas de milhões de euros. Na maioria dos casos as deportações são coletivas e um voo individual é exceção.

    Mais:

    Erdogan: Turquia está disposta a naturalizar refugiados sírios
    ONU convida Rússia para juntar-se ao programa de acolhimento de refugiados
    Áustria toma medidas para integração de refugiados
    Tags:
    gastos, governo, refugiados, Europa, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar