22:26 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Nikola Tesla

    HAARP sérvio gera depressão

    © flickr.com/ Recuerdos de Pandora
    Mundo insólito
    URL curta
    626

    Rumores sobre escudo antinuclear paralisam Europa Central.

    Foguete Soyuz-2.1a com três satélites a bordo: Lomonosov, AIST-2D e SamSat-218 é lançado do cosmódromo de Vostochny, Rússia, 27 de abril de 2016
    © REUTERS/ Pool/Kirill Kudryavtsev
    No site oficial da comunidade acadêmica croata na diáspora foi publicado um texto dum tal de Zdenko Tibold, em que o autor assegura que a Sérvia, através da transmissão de ondas eletromagnéticas, "torna loucos os cidadãos da Croácia e da Bósnia-Herzegovina, força os jovens para deixar o país, bem como causa depressão em geral, promove o ódio e a falta de tolerância".

    O artigo também informa que as ondas eletromagnéticas afetam as decisões do Tribunal Constitucional e que a Sérvia usa em todo o mundo uma tecnologia da EEG clonagem para assumir o controle das mentes das pessoas.

    O autor acredita que a Sérvia é, portanto, capaz de causar a deflagração de doenças fatais e provocar um êxodo em massa de determinadas áreas, a fim de limpar completamente a Terra da população não-sérvia. Além disso, a Sérvia, de acordo com os desenhos de Nikola Tesla, está se preparando para criar um escudo que é imune a todos os tipos conhecidos de armas nucleares ou biológicas.

    Comentando estes estudos científicos à Sputnik, o presidente do Movimento Ecológico sérvio Novi Sad, Nikola Aleksic, disse que há uma teoria, segundo a qual existe uma antena HAARP no território da Sérvia, mas o governo, mesmo teoricamente, não pode de qualquer modo redirecioná-la para um estado vizinho e afetar assim o psiquismo dos croatas.

    Mas Aleksic julga que o HAARP tem um impacto negativo no psiquismo, além disso, ele chamou a atenção para o fato de que as mudanças climáticas no planeta não ocorrem naturalmente e que há razões para acreditar que elas, também, podem ser provocadas por certos instrumentos.

    O projeto HAARP (High Frequency Active Auroral Research Program; em português: Programa de Investigação de Aurora Ativa de Alta Frequência) é uma investigação financiada pelos EUA a fim de "entender, simular e controlar os processos ionosféricos que poderiam mudar o funcionamento das comunicações e sistemas de vigilância".

    O projeto se iniciou em 1993. Existem especulações de que o projeto HAARP seria uma arma dos Estados Unidos, capaz de controlar o clima provocando inundações e outras catástrofes. Em 2002, o Parlamento Russo apresentou ao presidente Vladimir Putin um relatório, assinado por 90 deputados dos comitês de Relações Internacionais e de Defesa, onde se lê que o Projeto HAARP é uma nova "arma geofísica", capaz de manipular a baixa atmosfera terrestre.

    Mais:

    Nova tecnologia russa permite controlar informação em escritórios
    Snowden afirma que inteligência britânica pode espionar e controlar qualquer smartphone
    Medidas de segurança ou controle total? China altera condições de uso de telefonia móvel
    Tags:
    HAARP, Vladimir Putin, Nikola Tesla, EUA, Europa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik