04:55 18 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Apresentador de HBO John Oliver

    Apresentador de HBO apelou a procurar gato de Ramzan Kadyrov

    © Foto: HBO/Screenshot
    Mundo insólito
    URL curta
    141

    John Oliver, o apresentador do programa de televisão Last Week Tonight da emissora HBO, no dia 22 de maio contou aos especuladores sobre o problema do presidente interino da República da Chechênia, Ramzan Kadyrov: recentemente o seu gato fugiu de casa.

    Oliver aconselhou a encontrar o gato do político o mais rapidamente possível, porque é "melhor não o fazer zangar". Ele chegou a esta conclusão examinando a página do Instagram de Kadyrov e um artigo sobre ele na Wikipédia, no qual um capítulo inteiro é dedicado às acusações contra o líder interino checheno de violar os direitos humanos, o que, de acordo com o humorista, não prediz nada de bom.

    Ele também assinala que Kadyrov tem queda para camisetas com a imagem do presidente russo Vladimir Putin e que gosta de fazer fotos com animais ameaçadores.

    ​Finalmente, Oliver propõe buscar o gato desaparecida de Kadyrov através da rede social: para tal, os usuários devem fazer propostas de como achar o animal, sob a hashtag #findkadyrovscat. Muitas pessoas já responderam à ideia do apresentador.

    ​Ramzan Kadyrov pediu no dia 16 de maio a seus seguidores no Instagram para ajudá-lo a encontrar o seu gato, que se parece com um pequeno tigre. O gato, infelizmente e apesar de todos os esforços por todo o mundo, ainda não foi encontrada.

    Kadyrov já respondeu às declarações de Oliver sobre as camisetas com as imagens de Putin: "Sim, milhões de pessoas gostam de usar imagens dos líderes russos nas camisetas. Acho que há boas razões para isso".

    Recently my “tiger cat” has left the house. It happens in spring from time to time. He also needs to meet with friends, mingle and share news. By cat rumors he has in our district a familiar she-cat with which he’s going to start a family. I’m sure that after spring affairs, the cat will return to native walls. Perhaps, he'll bring his sweet love with him. I got used to share with my friends in Instagram with all news, including cat issues. And this time I didn't want to leave as a secret the cat's adventures. I receive lots of photos. Some people say that they saw the cat in Vladivostok, Japan, Iceland, New Zealand, and even in the Oval Office of the White House! I am grateful to all, but this is NOT my cat. It became known that even the American TV channel “HBO” joined to search. The anchorman comedian — John Oliver asks millions of viewers to look for a cat. I knew long ago that in the USA unevenly breathe to my younger friends. One day horses aren't allowed to jump, the other — a cat is a real star of a show. Oliver laments a fact that we put on t-shirts with a photo of the President of Russia — Vladimir Putin. Yes, millions of people rejoice t-shirts with the image of the national leader. For this purpose, there is a good motivation. Vladimir Vladimirovich is a wise, courageous, resolute Head, who managed to withstand unfriendly campaign, which is conducted by the USA and its assistants. Thanks to Putin, we have crushed terrorists among whom there were also citizens of the USA, and European citizens. The country directed by Obama under the guise of peacekeeping operations spark new wars and bloody internal conflicts, in which die millions of people. Afghanistan, Iraq, Libya, Syria… That's why there is nothing surprising that Oliver also got a wish to appear publicly in a T-shirt with an image of Putin, but not Obama. #Kadyrov #Russia #Chechnya #USA #HBO #Oliver #findkadyrovscat #Ihavenotseenyourcat #IHAVESEENYOURCAT

    Фото опубликовано Ramzan Kadyrov (@kadyrov_95) Май 23 2016 в 11:41 PDT

    Mais:

    Kadyrov: Expedição ártica chechena desvendou espiões do Ocidente
    Kadyrov pretende visitar Assad
    Kadyrov à Sputnik: maioria de terroristas chechenos na Síria foi eliminada
    Tags:
    gato, HBO, Vladimir Putin, Ramzan Kadyrov, John Oliver, Rússia, Chechênia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik