19:36 19 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Jimmy Morales, presidente eleito da Guatemala

    Tiririca da Guatemala: O comediante presidente (e outros famosos que viraram políticos)

    © AFP 2017/ Johan Ordonez
    Mundo insólito
    URL curta
    0 60140

    O comediante Jimmy Morales, de 46 anos, assume hoje (14) a Presidência da Guatemala, prometendo “tolerância zero à corrupção” no país.

    Em abril do ano passado, a revelação de uma fraude milionária no sistema nacional alfandegário levou milhares de pessoas às ruas para protestar. A investigação chegou ao então Presidente Otto Pérez Molina e à sua vice, Roxana Baldetti, ambos acusados de liderar um esquema que cobrava propina de empresários que sonegavam impostos. 

    Se o novo presidente-comediante da Guatemala será capaz de superar os problemas sociais, a violência persistente e a corrupção política generalizada, só o tempo dirá. (Segundo uma investigação avançada pela revista El Observador, do Centro de Meios Independentes da Guatemala, tanto Morales quanto seu partido, a Frente de Convergência Nacional, mantêm alianças com magnatas dos meios de comunicação e ex-militares, que constituem um dos círculos de poder mais corruptos do país.)

    Enquanto isso, relembre algumas das figuras mais inusitadas do meio artístico e da indústria do entretenimento que também ganharam a confiança (ou o voto de protesto) dos eleitores e assumiram cargos políticos importantes em seus países.      

    Ronald Reagan

    O 40º presidente dos EUA passou os primeiros anos de sua carreira atuando em “filmes B” de Hollywood. A fama chegou em pouco tempo, e em 1965, quando passou definitivamente para a política, Reagan já havia participado de quase 70 filmes, além de diversos programas de televisão.

    Galã de cinema nos anos 1940, o republicano foi eleito para ser governador da Califórnia em 1966, cargo em que permaneceu até 1975. Em 1980, concorrendo à Presidência, derrotou o candidato à reeleição Jimmy Carter e assumiu as funções de chefe de Estado em 1981.

    ​Seu segundo mandato, de 1984 a 1989, foi marcado por assuntos internacionais, como o fim da Guerra Fria, o bombardeio da Líbia e o escândalo do caso Irã-Contras.      

    Glenda May Jackson

    Grande dama do teatro e cinema britânico, vencedora de dois Óscares de Melhor Atriz, Glenda Jackson abandonou a carreira artística em 1992 para se tornar deputada do distrito distrito eleitoral de Hampstead and Highgate em Camden pelo Partido Trabalhista. 

    Em 1997, ela foi nomeada ministra do transporte pelo então primeiro-ministro britânico Tony Blair, e em 2010, se elegeu deputada novamente e atualmente representa o distrito de Hampstead and Kilburn.

    Clinton "Clint" Eastwood, Jr.

    Um dos rostos mais conhecidos do cinema norte-americano, o renomado ator e diretor Clint Eastwood também é membro do Partido Republicano, pelo qual foi eleito, em 1986, para o cargo de prefeito de Carmel-by-the-Sea – cidade a cerca de 150 km de São Francisco, na Califórnia. 

    Durante seu mandato, que foi até 1988, ele tentou ponderar os direitos de instituições de preservação do meio ambiente contra o desenvolvimento da cidade por empresas locais. Na época, Carmel contava com uma população de cerca de 4 mil pessoas.

    Jesse Ventura 

    Ator, lutador profissional, veterano da Marinha e apresentador de televisão nos EUA, Jesse Ventura – ou James George Janos, seu nome de batismo – foi também governador do estado norte-americano de Minnesota entre 1999 e 2003. Antes disso, ele também serviu como prefeito de Brooklyn Park, de 1991 a 1995.

    Crítico da polarização bipartidária dos EUA, ele declara-se um político independente e já indicou que, se for concorrer a qualquer cargo político no futuro, o fará sem a ajuda de nenhum partido.

    Arnold Schwarzenegger 

    Outro membro do Partido Republicano, o eterno “Exterminador do Futuro” foi eleito pela primeira vez em outubro de 2003, com um recall especial para terminar o mandato do então governador da Califórnia, Gray Davis. 

    Fisiculturista, empresário e estrela de diversos filmes de ação de Hollywood, Schwarzenegger foi reeleito em novembro de 2006, nas eleições para governador do estado, para servir um mandato completo no cargo. Este ano, o ator completa 70 anos de idade.

    Cicciolina

    Ilona Staller, mais conhecida pelo nome artístico de Cicciolina, foi um ícone do cinema pornô na década de 1980. Nascida na Hungria, ela entrou para o serviço secreto do país em 1968, quando tinha 18 anos, para investigar a presença de estrangeiros em território húngaro. Depois de abandonar o cargo e casar com um italiano para conseguir a cidadania do país, ela iniciou a carreira como atriz pornô em Milão.

    ​Aproveitando o sucesso posterior, Cicciolina começou a abordar temas políticos nos enredos de seus filmes, e em 1987 foi eleita para o parlamento italiano, levantando bandeiras contra a OTAN, a energia nuclear e a censura. Ela também defendeu pautas ambientalistas, bem como a legalização da prostituição e a educação sexual nas escolas. 

    Na década de 1990 e no inicio dos anos 2000, ela ofereceu sexo a Saddam Hussein e a Osama Bin Laden, respectivamente, em troca da “paz mundial”. Em 1991, fundou o Partido do Amor, e em 2012, o Partido Democracia, Natureza e Amor. Atualmente, é filiada ao Partido Liberal Italiano.

    Francisco Everardo Oliveira Silva

    Mais conhecido como Tiririca, o cantor e humorista cearense filiado ao Partido da República foi eleito deputado federal por São Paulo em 2010, tendo sido o segundo deputado mais votado em toda a história do Brasil, atrás apenas de Enéas Carneiro.

    Sua campanha e eleição foram marcadas por bordões infames como "O que é que faz um deputado federal? Na realidade, eu não sei. Mas vote em mim que eu te conto", e "Pior do que tá não fica, vote Tiririca". 

    Em 2014, ele foi reeleito com mais de um milhão de votos. 

    Mais:

    Vice-presidente da Guatemala renuncia após escândalo
    Ex-vice-presidente da Guatemala é presa por suspeitas de corrupção
    Comediante desafia ex-primeira dama da Guatemala
    Tags:
    famosos, deputados, políticos, política, Cinema, Hollywood, atriz pornô, humorista, comediante, atores, presidente, eleições, voto de protesto, voto, corrupção, Frente de Convergência Nacional, Arnold Schwarzenegger, Jesse Ventura, Clint Eastwood, Glenda Jackson, Cicciolina, Ronald Reagan, Tiririca, Roxana Baldetti, Otto Pérez, Jimmy Morales, Itália, Hungria, Áustria, Carmel, Inglaterra, Califórnia, EUA, Brasil, Guatemala
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik