15:50 10 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Técnico iraniano em instalação de enriquecimento de urânio (arquivo)

    EUA estendem sanções a Teerã e qualificam Irã como 'patrocinador do terrorismo'

    © AP Photo / Vahid Salemi, File
    Mundo
    URL curta
    6413
    Nos siga no

    O chefe da diplomacia norte-americana, Mike Pompeo, estendeu nesta quarta-feira as sanções impostas ao programa nuclear iraniano, segundo declarou a porta-voz do Departamento de Estado, Morgan Ortagus.

    "Hoje, o secretário Pompeo prolongou as restrições ao programa nuclear do regime iraniano. A ação de hoje ajudará a preservar o controle sobre o programa nuclear civil do Irã, reduzirá os riscos de proliferação, limitará a capacidade do Irã de encurtar o tempo de acesso a uma arma nuclear e evitará que o regime restabeleça instalações para fins sensíveis à proliferação [nuclear]", disse Ortagus por meio de um comunicado. 

    ​De acordo com o Departamento de Estado norte-americano, "o principal patrocinador do terrorismo no mundo continua a usar seu programa nuclear para extorquir a comunidade internacional e ameaçar a segurança regional", mas os EUA estão decididos em seu compromisso de negar ao Irã qualquer caminho para uma arma nuclear e de usar toda a gama de ferramentas diplomáticas e econômicas para restringir as atividades nucleares de Teerã.

    Mais cedo, em carta enviada ao Congresso, a diplomacia americana anunciou a prorrogação por 90 dias das isenções que permitem que empresas europeias, russas e chinesas realizem certos tipos de cooperação civil-nuclear com o Irã. Tais isenções, que deveriam expirar nesta quinta-feira, haviam sido objeto de acalorado debate interno, mas as autoridades dos EUA entenderam que deveriam dar mais tempo para que as empresas encerrassem suas operações, informou a ABC News.

    Mais:

    Pompeo afirma que Irã não aceitou sua oferta de visita a Teerã
    Irã afirma que só países da região podem garantir segurança do golfo Pérsico
    Irã incentiva China e outros aliados a comprarem mais petróleo em meio a sanções dos EUA
    Alemanha recusa proposta formal dos EUA de se unir à 'pressão máxima' contra Irã
    Chanceler do Irã: política dos EUA no Oriente Médio é o maior fracasso desde o Vietnã
    Irã ameaça saída definitiva do acordo nuclear
    Tags:
    Morgan Ortagus, Mike Pompeo, América do Norte, Oriente Médio, terrorismo, programa nuclear, Teerã, Washington, sanções, Estados Unidos, Irã, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar