10:33 18 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Conselho da Federação da Rússia (câmara alta do parlamento russo)

    Rússia responderá a sanções americanas, afirma senador

    Ilya Pitalev
    Mundo
    URL curta
    22340
    Nos siga no

    Vladimir Dzhabarov, primeiro vice-presidente do Comitê de Assuntos Internacionais do Conselho da Federação, câmara alta do parlamento russo, disse na noite desta quarta-feira que "a Rússia dará uma resposta às possíveis novas sanções dos EUA", destacando que o seu país tem total capacidade de reagir à altura.

    A declaração segue o anúncio feito mais cedo por senadores norte-americanos de que eles estavam introduzindo uma série de novas sanções contra a Rússia, atingindo o setor bancário, projetos russos de GNL no exterior, o setor cibernético do país e sua dívida soberana, além de políticos, empresários e agentes do Serviço Federal de Segurança (FSB).

    ​De acordo com os congressistas dos EUA, as novas medidas contra Moscou seriam motivadas por suposta interferência russa em processos democráticos no exterior, pela atuação das Forças Armadas da Rússia na Síria e pelas políticas do Kremlin em relação à Ucrânia.

    "Se tal projeto for adotado, haverá uma resposta nossa. Estamos prontos a fornecer uma resposta. Estou convencido de que usaremos os recursos disponíveis", disse Vladimir Dzhabarov.

    Mais:

    Sanções contra Rússia são impostas sob forte pressão dos EUA, diz Lavrov
    Ministro da Defesa diz que Venezuela não aceitará chantagem dos EUA com sanções
    Sanções dos EUA não causam danos significativos a Moscou, diz chancelaria russa
    Mourão diz que Brasil pode 'adotar pequenas sanções' à Venezuela
    'Golpe mais sensível': como sanções dos EUA afetariam Venezuela e mercado do petróleo?
    Tags:
    sanções, Vladimir Dzhabarov, Síria, Moscou, Ucrânia, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar