10:53 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    O deputado Mike Pompeo testemunha perante uma audiência do Senado dos Serviços de Inteligência sobre sua nomeação para chefiar a CIA no Capitólio (arquivo)

    Pompeo: mais penalidades contra Arábia Saudita pelo assassinato de Khashoggi são possíveis

    © REUTERS / Carlos Barria
    Mundo
    URL curta
    501

    Os Estados Unidos pretendem cumprir a promessa de penalizar a Arábia Saudita ainda mais em resposta ao assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, disse o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, em uma entrevista nesta sexta-feira.

    Quando perguntado por um repórter da Fox News se a imposição de mais penalidades contra a Arábia Saudita ainda seria possível, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, foi enfático: "Absolutamente".

    Em novembro, o Departamento do Tesouro dos EUA impôs sanções a 17 sauditas envolvidos no assassinato de Khashoggi.

    Pompeo observou que os Estados Unidos continuam investigando o assassinato do jornalista para garantir que os responsáveis ​​por sua morte sejam responsabilizados.

    No entanto, o secretário de Estado dos EUA enfatizou que o relacionamento dos EUA com a Arábia Saudita continua sendo criticamente importante na luta contra o terrorismo na região.

    No dia 2 de outubro de 2018, Khashoggi foi morto no consulado saudita em Istambul.

    Depois de duas semanas de negação, as autoridades sauditas admitiram que Khashoggi foi morto no consulado e que seu corpo foi desmembrado no local.

    Riad alega que o incidente foi planejado por criminosos a revelia da família real saudita e do príncipe herdeiro Mohammed bin Salman.

    Mais:

    Anistia Internacional volta a pedir investigação transnacional sobre morte de Khashoggi
    Arábia Saudita nega crise após assassinato de Khashoggi
    Senadores dos EUA lançam resolução para culpar príncipe saudita pela morte de Khashoggi
    Dissidente saudita processa firma de Israel que teria ajudado Riad a espionar Khashoggi
    CIA apresenta nesta terça-feira resultados das investigações sobre morte de Khashoggi
    Turquia diz estar 'insatisfeita' com alegações de Riad sobre morte de Khashoggi
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar