08:39 22 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira dos EUA junto a emblema nacional da China (foto de arquivo)

    Diplomata chinês: EUA e China devem resolver disputas comerciais por meio do diálogo

    © AP Photo / Andy Wong
    Mundo
    URL curta
    421

    A China e os Estados Unidos deveriam trabalhar mais para resolver seus conflitos através de negociações igualitárias e mutuamente favoráveis, disse Yang Jiechi, membro do Departamento Político do Comitê Central do Partido Comunista Chinês, em meio à intensificação da disputa comercial entre os dois países.

    "As relações comerciais EUA-China são mutuamente benéficas. Os dois lados devem encontrar uma solução adequada através de um diálogo igualitário e mutuamente favorável", disse Yang em um comunicado divulgado no site do Ministério das Relações Exteriores da China, após uma reunião do diplomata com o conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, John Bolton.

    Durante as conversações, os dois funcionários discutiram as relações bilaterais. Bolton, por sua vez, disse que o presidente dos EUA, Donald Trump, estava ansioso para se reunir com o líder chinês, Xi Jinping, na próxima cúpula do G20 na Argentina.

    Na última sexta-feira, Trump disse que as negociações comerciais entre os Estados Unidos e a China estavam indo bem e os dois lados estavam perto de chegar a um acordo comercial.

    China e Estados Unidos estão envolvidos em uma grande disputa comercial, que se seguiu ao anúncio da introdução de elevadas taxas de importação norte-americanas sobre aço e alumínio chinês em março.

    As tensões aumentaram ainda mais no final de maio, quando Washington anunciou que US $ 50 bilhões em mercadorias chinesas estariam sujeitos a tarifas de 25%.

    Mais:

    Especialista comenta possibilidade de guerra entre EUA e China
    Ex-general dos EUA prevê guerra com a China dentro de 15 anos
    Facebook e Twitter negam interferência da China nas eleições dos EUA
    Tratado INF impede EUA de terem supremacia sobre China no oeste do Pacífico?
    Guerra à vista? Analista comenta possibilidade de conflito entre EUA e China ou Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik