01:04 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Maria Zakharova, representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, durante coletiva de imprensa (arquivo)

    Moscou: EUA querem deixar INF para buscar dominação militar completa

    © Sputnik /
    Mundo
    URL curta
    4180

    Washington está usando as alegações sobre supostas violações russas do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF) para encobrir suas próprias violações diretas do pacto de limitação de armas, afirmou hoje a representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova.

    De acordo com a funcionária da chancelaria russa, para Moscou, a intenção dos Estados Unidos de sair do INF teria como objetivo possibilitar ao país uma dominação militar completa, uma medida extremamente perigosa para todo o mundo. 

    "Um colapso do Tratado INF seria um passo muito perigoso que afetaria a segurança internacional e a estabilidade estratégica da maneira mais negativa possível. Eu gostaria de observar novamente que essa medida está repleta com o sério risco de arrastar regiões inteiras para uma corrida armamentista. Desta forma, a situação em torno do tratado diz respeito não apenas à Rússia e aos Estados Unidos, mas também a outros membros da comunidade internacional", disse Zakharova durante coletiva de imprensa na capital russa.

    Comentando o encontro do Conselho Rússia-OTAN, realizado na última quarta-feira, a representante da diplomacia russa destacou a prontidão demonstrada pela Rússia para esclarecer qualquer questão dos EUA em relação ao tratado de limitação de armamentos. 

    "Os representantes da Rússia enfatizaram [na reunião] que Moscou está invariavelmente interessada em garantir a viabilidade do tratado, está firmemente comprometida com o INF e adere estritamente às suas provisões. Eles também enfatizaram a prontidão da Rússia para um esclarecimento abrangente e rápido das questões que causam a preocupação dos EUA e para expor as nossas próprias preocupações, acumuladas ao longo de muitos anos, sobre a observância do tratado por parte dos EUA."

    Mais:

    Diplomata russo sobre saída de Washington do INF: 'EUA estão preparando uma guerra'
    Ex-líder da URSS sobre saída dos EUA do INF: 'Foi declarada nova corrida armamentista'
    Imprensa dos EUA chama a saída dos EUA do Tratado INF de 'presente para Rússia'
    Tags:
    armamentos, armas, INF, OTAN, Maria Zakharova, Washington, Estados Unidos, Moscou, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik