03:02 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Suspeitos também foram indiciados por fraude eletrônica, roubo de identidade e lavagem de dinheiro

    EUA acusam 7 oficiais de inteligência militar da Rússia por atividade hacker

    © Sputnik / Aleksei Malgavko
    Mundo
    URL curta
    10112

    A justiça dos Estados Unidos anunciou hoje uma acusação contra sete militares de inteligência russos por suspeitas de envolvimento em ataques cibernéticos.

    De acordo com a Divisão de Segurança Nacional do Departamento de Justiça dos EUA, os supostos membros do Departamento Central de Inteligência da Rússia (GRU) teriam participado de várias atividades ilícitas entre dezembro de 2014 e maio deste ano, incluindo invasões de computadores que teriam afetado "pessoas dos EUA, entidades corporativas, organizações internacionais e seus respectivos funcionários localizados em todo o mundo", com base em "interesses estratégicos" do governo russo.

    "Entre os objetivos da conspiração estava divulgar informações roubadas como parte de uma campanha de influência e desinformação destinada a minar, retaliar e deslegitimar os esforços de organizações internacionais antidoping e funcionários públicos que expuseram publicamente um programa russo de doping patrocinado pelo Estado e prejudicar a reputação de atletas em todo o mundo alegando falsamente que tais atletas estavam usando drogas proibidas ou que melhoram o desempenho", disseram as autoridades americanas

    Além das acusações de atividade hacker, os suspeitos também foram indiciados, por decisão de um grande juri do Distrito Ocidental da Pensilvânia, por fraude eletrônica, roubo de identidade e lavagem de dinheiro.

    "Queremos que as centenas de vítimas desses hackers russos saibam que faremos tudo o que pudermos para responsabilizar esses criminosos por seus crimes", disse o procurador federal Scott Brady, do Distrito Ocidental da Pensilvânia. "Os atores estatais que atacam cidadãos e empresas dos EUA não são diferentes de qualquer outro criminoso comum: eles serão investigados e processados em toda a extensão da lei".

    Mais:

    Facebook não encontra evidência de que hackers acessaram outros aplicativos
    Bolsa japonesa de criptomoedas perde milhões para hackers em roubo a carteiras on-line
    Hackers vendem dados privados de recrutas do Exército de Israel há anos
    Mídia: Especialistas alemães temem que hackers eliminem a rede elétrica da UE
    Tags:
    ataque cibernético, ciberataque, hackers, Pensilvânia, EUA, Estados Unidos, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik