21:27 20 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Soldados norte-americanos em distrito de Khogyani, província de Nangarhar, Afeganistão, 13 de agosto de 2015

    EUA esperam que aliados aumentem presença militar no Afeganistão

    © AFP 2018 / WAKIL KOHSAR
    Mundo
    URL curta
    402

    Os Estados Unidos não planejam mudar significativamente a sua atual estratégia para o Afeganistão, adotada em 2017. Ao mesmo tempo, Washington espera que seus aliados aumentem a presença militar no país asiático, informou o Conselho de Segurança Nacional dos EUA (NSC) à Sputnik.

    Nesta terça-feira, a agência Reuters relatou que os EUA pretendiam mudar sua estratégia para o Afeganistão dentro de alguns meses. As mudanças, no entanto, não devem ter grande impacto.

    "Regularmente conduzimos revisões de nossas estratégias examinando sua eficácia e fazendo os ajustes necessários para garantir que os recursos dos EUA estejam sendo usados da maneira mais eficiente possível. Não estamos planejando uma revisão abrangente de nossa estratégia central, como a realizada no verão passado", disse um representante do NSC, salientando que a atual administração dos EUA segue comprometida com a estratégia atual.

    "Aliados e parceiros fizeram aumentos significativos nas contribuições durante o ano passado e dois novos parceiros operacionais aderiram à missão da OTAN. Dito isto, esperamos que os aliados e parceiros carreguem sua parte justa do ônus no Afeganistão, continuando a aumentar as tropas e as contribuições financeiras", acrescentou a fonte.

    Mais:

    Oficial explica mudança de estratégia de Trump no Afeganistão
    Talibã lança ofensiva e toma postos de controle no Afeganistão
    Pentágono apoia trégua entre governo do Afeganistão e Talibã
    Tags:
    NSC, Reuters, OTAN, Afeganistão, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik