16:56 23 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Soldados do Exército Sírio em um BMD-1 no campo de refugiados palestinos liberados de Yarmouk, ao sul de Damasco

    EUA ameaçam responder a possível ofensiva de Damasco no sudoeste da Síria

    © Sputnik / Mikhail Voskresenskiy
    Mundo
    URL curta
    19019

    O Departamento de Estado norte-americano fez uma declaração nesta quinta-feira prometendo dar uma resposta decisiva caso o Exército Sírio lance uma operação na zona de desescalada do sudoeste do país.

    A diplomacia dos Estados Unidos pediu à Rússia que impeça o governo sírio de realizar uma ofensiva na região, ameaçando reagir.

    O presidente sírio Bashar Assad durante um discurso em frente dos diplomatas, em 20 de agosto de 2017
    © AP Photo / Página do Facebook da Presidência da Síria
    A Rússia, os EUA e a Jordânia concordaram em julho passado em estabelecer as chamadas zonas de desescalada nas províncias de Daraa, Quneitra e Suwayda, no sudoeste da Síria.

    "Os Estados Unidos continuam preocupados com relatos de operações iminentes do governo sírio no sudoeste da Síria, dentro dos limites da zona de desescalada", declarou o Departamento de Estado. "Afirmamos novamente que os Estados Unidos tomarão medidas firmes e apropriadas em resposta às violações do governo sírio nessa área".

    Mais:

    Síria terá 'verão quente' e alguns desafios pela frente
    Assad promete aumentar presença militar do Irã na Síria 'se assim for necessário'
    Trump: Irã começa retirada da Síria e do Iêmen
    Coalizão dos EUA bombardeia povoado na Síria causando mortes
    Tags:
    Jordânia, Rússia, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik