00:32 28 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Líderes mundiais posando durante cúpula da APEC, Vietnã (foto de arquivo)

    Trump, Putin e Xi Jinping: quem é o mais poderoso do mundo segundo Forbes?

    © AP Photo/ Jorge Silva
    Mundo
    URL curta
    5240

    A revista Forbes acaba de publicar a sua lista anual das pessoas mais poderosas do mundo. Desta vez, o ranking é liderado pelos líderes de três potências mundiais: China, Rússia e EUA.

    A lista de 75 pessoas é preparada levando em conta quatro fatores: sobre quantas pessoas têm poder, recursos financeiros que controlam, influência em mais de um âmbito e quão efetivamente exercem o seu poder para mudar o mundo.

    A classificação anual da Forbes dos mais poderosos do mundo identifica uma de cada 100 milhões de pessoas, cujas ações têm grande peso.

    O secretário-geral do Partido Comunista da China, Xi Jinping, obteve o primeiro lugar. O político ampliou a sua influência depois da emenda que adotou a Assembleia Nacional Popular da China para eliminar os limites do mandato presidencial.

    "Desfruta de um culto de personalidade que não se tinha visto desde o presidente Mao", escreve a Forbes.

    Por sua vez, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, retrocedeu um posto e perdeu o seu lugar como número um da lista, que ocupou durante quatro anos consecutivos, "algo sem precedentes".

    "Putin governou a Rússia desde maio de 2000 e neste ano foi reeleito para o quarto mandato com quase 77% dos votos. Isso representa a maior margem de vitória de qualquer candidato ao cargo desde o colapso da União Soviética", explica a Forbes.

    Trump também baixou posição, ocupando terceiro lugar. De acordo com a revista, apesar de nos EUA o político obter "êxito limitado ao promover a sua agenda através do Congresso controlado pelo seu próprio partido" e que de fato está sob a investigação, o líder norte-americano "ainda é chefe do maior poder econômico-militar do mundo".

    A quarta pessoa mais poderosa do mundo é uma mulher — a chanceler alemã Angela Merkel.

    Neste ano, a Forbes incluiu 17 novos nomes na lista. Dentre eles se encontram o príncipe da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman (número oito), o presidente da Reserva Federal dos EUA, Jerome Powell (11) e o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in (54).

    Mais:

    Com Trump no poder, Rússia não precisa ter medo dos EUA, assegura colunista americano
    'Putin e Trump nunca permitirão um conflito armado entre Rússia e EUA'
    Rússia e China: pesadelo dos EUA se torna realidade
    Tags:
    influência, poder, lista, força, Angela Merkel, Xi Jinping, Donald Trump, Vladimir Putin
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik