07:02 18 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Central nuclear em Busher, Irã

    EUA e Europa concordam sobre preservação do acordo nuclear iraniano

    © AFP 2018 / ATTA KENARE
    Mundo
    URL curta
    533

    Estados Unidos, Alemanha, França e Reino Unido chegaram a um termo sobre as condições para o governo norte-americano permanecer comprometido com o acordo nuclear iraniano, o Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA), que o presidente Donald Trump prometeu rever.

    Sob os novos entendimentos, EUA e Europa concordaram sobre a necessidade de ameaçar Teerã com novas sanções, devido a seus testes de mísseis e a suas políticas regionais. O JCPOA, no entanto, não será alterado, de acordo com informações do Sueddeutsche Zeitung

    Trump vem criticando o acordo com o Irã desde o seu estabelecimento, afirmando que o mesmo poderia ser o pior acordo já feito na história dos Estados Unidos e que tinha a intenção até de abandoná-lo. 

    O JCPOA é resultado de uma discussão finalizada em julho de 2015 entre o Irã e chamado grupo do P5+1, formado por Rússia, China, França, Reino Unido, EUA e Alemanha. Ele garante a natureza pacífica do programa nuclear iraniano em troca do levantamento das sanções que foram impostas ao país. 

    Mais:

    Macron diz não ter 'plano B' para acordo nuclear com Irã
    Quais serão as consequências do fim do acordo nuclear entre EUA e Irã? Analista explica
    Irã diz que caso EUA se retirem do acordo nuclear a resposta será 'desagradável'
    Tags:
    JCPOA, acordo nuclear, Teerã, Irã, Europa, EUA, Washington
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik