08:21 19 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Sede da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ)

    OPAQ encerra investigações do caso Skripal e entrega resultado ao governo britânico

    © East News / Peter Dejong
    Mundo
    URL curta
    Caso Skripal: as vítimas se recuperam (25)
    6100

    A Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) terminou de investigar o caso Skripal e enviou os resultados ao governo britânico nesta quarta-feira (11).

    O ex-espião russo Sergei Skripal e sua filha Yulia foram encontrados inconscientes em 4 de março em Salisbury, no Reino Unido. As autoridades do Reino Unido acusaram a Rússia de orquestrar o ataque com um agente nervoso da era soviética A-234 (conhecido como Novichok).

    A Rússia refutou ter qualquer papel no caso Skripal, apontando para a completa falta de provas e solicitou uma investigação conjunta, mas foi rejeitada.

    A Organização para a Proibição de Armas Químicas também enviará os resultados da investigação do caso de envenenamento Skripal a todos os países da organização. A informação foi divulgada pelo Daily Mail, citando o Ministério das Relações Exteriores britânico. 

    Na semana passada, o diretor-geral da Organização para a Proibição de Armas Químicas, Ahmet Uzumcu, havia antecipado que os resultados das análises de amostras da substância usada no envenenamento seriam entregues nesta semana.

    Tema:
    Caso Skripal: as vítimas se recuperam (25)

    Mais:

    Rússia põe em xeque autenticidade da carta de Yulia Skripal
    Yulia Skripal em comunicado: 'Meu pai ainda está seriamente doente'
    Mídia informa que filha do ex-espião Skripal já teve alta
    Sobrinha de Skripal explica o motivo de Yulia estar ansiosa para retornar à Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik