20:16 17 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira do Reino Unido perto do parlamento britânico, em Londres, em abril de 2017

    Grã-Bretanha pode 'liquidar' a missão comercial da Rússia no país

    © REUTERS / Stefan Wermuth
    Mundo
    URL curta
    9417

    O governo britânico considerará o fechamento da missão comercial russa em Londres em conexão com o caso Skripal. A informação foi divulgada pelo jornal Telegraph.

    De acordo com fontes do governo, citadas pela publicação, a missão comercial era um "covil espião", e o seu fechamento "é o que está sendo considerado".

    No dia 4 de março, o ex-oficial de inteligência russo Sergei Skripal, que também trabalhava para a inteligência britânica, foi encontrado inconsciente junto com sua filha, Yulia, em um banco de um shopping na cidade britânica de Salisbury.

    Especialistas britânicos acreditam que eles tenham sido atacados com o agente nervoso A-234 (também conhecido como Novichok). Os britânicos alegam que esta substância tóxica teria sido desenvolvida na União Soviética e colocam a culpa do ocorrido na Rússia. Moscou repetidamente rejeitou todas as acusações, qualificando-as infundadas.

    Com isso, os EUA, vários países da União Europeia, Canadá e Ucrânia, decidiram expulsar os diplomatas russos por conta do incidente envolvendo Skripal.  

    Mais:

    Filha de Skripal já não está em estado grave e se recupera rapidamente de envenenamento
    Diplomacia russa enfatiza: Moscou não tem nenhuma ligação com envenenamento de Skripal
    Moscou qualifica 'evidências' de Londres sobre caso Skripal como falsificação global
    Opinião: Rússia erra no caso Skripal ao acreditar que lida com jogadores honestos
    Tags:
    envenenamento, diplomatas, Sergei Skripal, Reino Unido, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik