00:06 22 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Embaixada da Rússia nos EUA em Washington (foto de arquivo)

    EUA prometem exercer pressão sobre oficiais de inteligência russos em todo o mundo

    CC BY-SA 2.5 / Asiir
    Mundo
    URL curta
    705

    Os EUA continuarão a exercer pressão sobre os agentes de inteligência russos em todo o mundo, disse um alto funcionário da Casa Branca.

    Além disso, a Rússia poderá convocar novos diplomatas para realizar tarefas nos EUA e substituir os expulsos, disse uma importante autoridade da Casa Branca em entrevista coletiva, afirmando que Washington monitorará de perto as atividades de possíveis futuros representantes de Moscou no país.

    "A Rússia pode nomear diplomatas [para outras tarefas no país], mas [vamos] acompanhar esses casos muito de perto", disse o funcionário.

    Ele acrescentou que os EUA estão "muito satisfeitos" com os países ao redor do mundo que expulsaram diplomatas russos em resposta ao ataque contra o ex-espião russo Sergei Skripal no Reino Unido.

    "Sim, estamos muito satisfeitos com o alcance da resposta em todo o mundo, acredito que até hoje são mais de 30 [países que expulsaram diplomatas russos], incluindo os EUA e a OTAN [Organização do Tratado do Atlântico Norte]", comemorou o oficial norte-americano.

    Mais:

    Estabilidade internacional em risco: Cuba critica expulsões de diplomatas russos
    'Expulsão de diplomatas russos é recado para quem duvidava da unidade da OTAN', diz Mattis
    Moldávia se junta ao boicote e declara 3 diplomatas russos como 'persona non grata'
    Moscou: EUA 'muito provavelmente' planejaram expulsar diplomatas russos de antemão
    Austrália decide expulsar 2 diplomatas russos
    Turquia se recusa a expulsar diplomatas russos e destaca 'boa relação' com Moscou
    Tags:
    inteligência, relações bilaterais, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik