18:06 24 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Protestos em Kiev, Ucrânia

    Ucrânia está cada vez mais afastada do direito internacional, diz chefe da Duma

    © Sputnik / Stringer
    Mundo
    URL curta
    372

    O presidente da Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo), Vyacheslav Volodin, disse nesta terça-feira (20) que a Ucrânia está se afastando cada vez mais do campo do direito internacional.

    O comentário aparece no contexto da recente interferência ucraniana no processo eleitoral russo.

    No dias das eleições presidenciais russas, no último domingo (18), foi relatado que a polícia ucraniana não permitiu que cidadãos russos entrassem nas representações diplomáticas russas localizadas no território da Ucrânia para exercer seu direito de voto.

    Na véspera da votação, Kiev já havia anunciado que bloquearia o acesso de cidadãos russos nas missões diplomáticas durante as eleições.

    "A Ucrânia se afasta cada vez mais do campo do direito internacional", destacou Volodin. 

    De acordo com o chefe do parlamento russo, a comunidade internacional e União Europeia só "perdoam a Ucrânia porque a utilizam como uma ferramenta contra a Rússia". 

    O Ministério das Relações Exteriores da Rússia classificou as ações do governo ucraniano como descaradas e ilegais, enquanto a Comissão Eleitoral Central russa as descreveu como uma "agressão humanitária".

    Mais:

    Ucrânia proíbe votação em instituições diplomáticas nas presidenciais russas
    EUA não ganharão nada com fornecimento de armas letais à Ucrânia, diz ex-coronel
    Para deputada ucraniana, apenas preguiçosos não pensavam em explodir Parlamento da Ucrânia
    Tags:
    eleições 2018, direito internacional, Duma de Estado, Vyacheslav Volodin, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik