22:25 16 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Conferência de imprensa conjunta de Theresa May e Donald Trump (arquivo)

    Trump expressa apoio ao Reino Unido em 'guerra' contra a Rússia

    YouTube/Ruptly
    Mundo
    URL curta
    12610

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, manifestou hoje o seu apoio ao governo britânico em meio ao novo desentendimento entre Londres e Moscou, provocado pela suposta tentativa de assassinato de um agente duplo russo na Inglaterra.

    Em conversa telefônica com a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, o chefe de Estado norte-americano concordou que a Rússia deve fornecer respostas inequívocas sobre como uma substância química desenvolvida na Rússia foi usada no Reino Unido daquela forma, segundo afirmou a Casa Branca em um comunicado.

    "Os dois líderes concordaram sobre a necessidade de consequências para aqueles que usam armas hediondas, em flagrante violação das normas internacionais."

    Sergei Skripal, ex-membro do Departamento Central de Inteligência da Rússia (GRU) condenado por traição, foi encontrado inconsciente, junto com a sua filha, em Salisbury, na Inglaterra, país onde vive há anos na condição de asilado, com sintomas de envenenamento, no último dia 4. De acordo com as autoridades britânicas, os dois teriam sido vítimas de uma substância neurotóxica, possivelmente aplicada em sua comida por ordens do Kremlin. Moscou, no entanto, nega qualquer envolvimento no caso. 

    "Hoje, a Embaixada enviou uma nota ao Escritório das Relações Exteriores [do Reino Unido] reiterando que a Rússia não está envolvida no incidente de Salisbury e destacando as demandas mencionadas acima por investigação conjunta", escreveu a missão diplomática russa em Londres. 

    Mais:

    Moscou ameaça proibir mídia britânica de operar na Rússia se Londres bloquear RT
    Polícia britânica investiga misteriosa morte de empresário russo em Londres
    Reino Unido ameaça suspender licença do canal russo RT
    'Londres é responsável por atentado contra ex-espião', diz presidente do parlamento russo
    Tags:
    envenenamento, espião, Yulia Skripal, Sergei Skripal, Donald Trump, Theresa May, Rússia, Reino Unido, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik