04:24 24 Junho 2018
Ouvir Rádio
    O senador republicano Michael Conaway, presidente do Comitê de Inteligência do Senado dos Estados Unidos.

    Comitê do Senado dos EUA não encontra 'evidências' de conluio entre Trump e Rússia

    © AP Photo / Pablo Martinez Monsivais
    Mundo
    URL curta
    960

    O senador republicano Michael Conaway, presidente do Comitê de Inteligência do Senado dos Estados Unidos, afirmou nesta segunda-feira (12) que os republicanos não encontraram evidências de cooperação entre a campanha de Donald Trump e a Rússia durante as eleições presidenciais de 2016.

    "Nós não encontramos evidências de cooperação, coordenação ou conspiração entre a campanha Trump e os russos", disse o Comitê de Inteligência em relatório.

    Foram entrevistadas dezenas de pessoas ao longo de 12 meses e o relatório final das atividades deve ser divulgado amanhã.

    Conaway afirmou para a imprensa houve "erros de julgamento" e "reuniões inapropriadas". Ele também disse que a campanha de Trump "não deveria" ter se reunido com advogados russos na Trump Tower em 2016. 

    "Apenas Tom Clancy ou Vince Flynn [escritores de ficção científica] ou outra pessoa assim poderiam levar essa série de contatos inadvertidos uns com os outros, reuniões e tecer isso em algum tipo de ficção, thriller de espionagem", disse Conaway ao Washington Post. "Nós não estamos lidando com ficção. Estamos lidando com fatos e não encontramos nenhuma evidência de conluio".

    A investigação do promotor especial Robert Mueller, entretanto, segue normalmente.

    Mais:

    Atriz pornô se oferece para devolver dinheiro recebido para se calar sobre caso com Trump
    Trump diz que apoiará controle mais rígido sobre compra de armas nos EUA
    Especialista sobre encontro de Trump e Kim: 'falar não significa chegar a um acordo'
    Ex-estrategista sênior de Trump diz que Rússia é 'aliada natural dos EUA'
    Putin sabe algo sobre Trump que este não quer tornar público?
    Comentando reunião com Kim, Trump diz que estratégia com Coreia do Norte 'foi um sucesso'
    Tags:
    Donald Trump, Robert Mueller, Estados Unidos, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik