03:41 18 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Premiê britânica, Theresa May, fala em frente do número 10 de Downing Street, ou seja, sua residência oficial, em 18 de abril de 2017

    Reino Unido e Arábia Saudita falam em conter o Irã juntos

    © AFP 2018 / Daniel LEAL-OLIVAS
    Mundo
    URL curta
    15321

    O Reino Unido e a Arábia Saudita concordaram nesta quarta-feira (7) em realizar esforços conjuntos para combater "atividades desestabilizadoras" do Irã na região do Oriente Médio, segundo afirmou um porta-voz da Downing Street em um comunicado.

    No começo do dia, o príncipe herdeiro saudita Mohammad bin Salman iniciou sua primeira visita ao Reino Unido. Durante a visita, o príncipe saudita realizou uma reunião com a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May.

    "Eles também discutiram o Irã, concordando com a importância de trabalhar em conjunto para combater a atividade regional desestabilizadora do Irã e o Iraque, incluindo a importância de apoiar os esforços de reconstrução", afirmou o comunicado, conforme citado pelo serviço de imprensa do governo do Reino Unido, após a reunião.

    As relações entre os Estados de Teerã e do Golfo, incluindo a Arábia Saudita, deterioraram-se significativamente após a Revolução Iraniana de 1979, quando o aiatolá Ruhollah Khomeini pediu a derrubada de monarcas pró-EUA no Golfo. Desde então, Teerã e Riade competem pela influência na região. 

    As relações bilaterais também foram ofuscadas por vários incidentes, incluindo a execução do clérigo xiita proeminente Sheikh Nimr al-Nimr pelas autoridades sauditas, em janeiro de 2016, e assalto às missões diplomáticas sauditas no Irã.

    Mais:

    Rússia manda Reino Unido investigar envenenamento de ex-espião antes de culpar Moscou
    Reino Unido se prepara para negociar assunto delicado: a fronteira das Irlandas pós-Brexit
    Putin e rei da Arábia Saudita discutem a situação no Golfo Pérsico
    Arábia Saudita acusa Damasco de usar armas químicas
    Tags:
    oriente médio, Theresa May, Mohammad bin Salman, Arábia Saudita, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik