22:35 28 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    12402
    Nos siga no

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, declarou nesta segunda-feira (5) que os países que querem cooperar com a Rússia na esfera militar sofrem uma pressão "sem precedentes e aberta".

    "Não é segredo que os Estados que querem cooperar com a Rússia no campo técnico-militar estão sujeitos a pressões sem precedentes e abertas", disse Putin em uma reunião da Comissão para a Cooperação Técnico-Militar da Rússia.

    De acordo com ele, "a Rússia irá desenvolver ativamente a cooperação técnico-militar com todos os países interessados, inclusive nos segmentos da mais alta tecnologia" que se mostraram eficientes na operação na Síria. 

    O líder russo afirmou também que o país conseguiu se consolidar como um líder mundial na exportação de armamentos, destacando que em 2017 a Rússia assinou contratos de fornecimento de armas no valor de mais de 16 bilhões de dólares.

    Mais:

    'Temos que ser os melhores': Putin quer armas ainda mais modernas para a Rússia
    Putin: países estrangeiros não criaram armas de alta tecnologia como a Rússia
    Putin: alguns participantes do mercado de armas violam o direito internacional
    EUA não cumprem com eliminação das armas da destruição em massa, declara Vladimir Putin
    Tags:
    cooperação técnico-militar, armas, cooperação, ameaça, Vladimir Putin, Ocidente, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar