01:16 16 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira do Reino Unido perto do parlamento britânico, em Londres, em abril de 2017

    Rússia acusa Londres de não dar assistência humanitária à ONU na Síria

    © REUTERS / Stefan Wermuth
    Mundo
    URL curta
    691

    A embaixada da Rússia em Londres continua em contato com o Ministério das Relações Exteriores britânico sobre resolução do conflito sírio, mas Moscou afirma não ver resultados nas negociações.

    Anteriormente, o embaixador Aleksandr Yakovenko reuniu-se com o vice-ministro das Relações Exteriores, Alan Duncan, e pediu ao lado britânico para usar sua influência sobre as partes no conflito da Síria, a fim de ajudar a garantir um cessar-fogo na zona de conflito.

    "Ainda não vimos os resultados do trabalho de Londres, inclusive, em termos de assistência efetiva à ONU em sua missão humanitária na Síria", disse informou uma fonte diplomática à RIA Novosti. 

    Segundo ele, "continua o trabalho ativo com o Ministério das Relações Exteriores sobre a explicação das abordagens russas para a implementação efetiva da Resolução 2401 do Conselho de Segurança da ONU".

    "Uma interrupção sustentável das ações militares deve ser precedida por um acordo confiável entre as partes. Novamente pedimos que Londres incentive os grupos armados a alcançar tais entendimentos e assegure que eles parem os bombardeios de Damasco e outras provocações", acrescentou a fonte.

    Mais:

    Rússia: coalizão dos EUA deve parar com ações de 'ocupação' na Síria
    Alemanha e França condenam ataques contra Embaixada da Rússia na Síria
    Iraque coopera com Rússia e EUA para controlar fronteira com Síria
    Tags:
    ajuda humanitária, cessar-fogo, Londres, Síria, Reino Unido, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik