04:52 17 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Guantánamo

    Órgão da ONU acusa EUA de detenção ilegal de prisioneiro em Guantánamo

    © Sputnik / Denis Voroshilov
    Mundo
    URL curta
    542

    O Grupo de Trabalho sobre Detenção Arbitrária da Organização das Nações Unidas considerou ilegal a detenção de um cidadão paquistanês que está na prisão de Guantánamo, em Cuba, desde 2006. O órgão exigiu nesta quarta-feira que os Estados Unidos libertem imediatamente o prisioneiro e deem a ele uma compensação pelo sofrimento causado.

    De acordo com um grupo de cinco especialistas independentes da organização, a detenção de Ammar al-Baluchi não possui bases legais e viola os direitos humanos. Sendo assim, essa arbitrariedade deve ser suspensa imediatamente. 

    Baluchi foi preso pelos EUA durante o governo de George W. Bush sob a acusação de facilitar o ataque de 11 de setembro de 2001, em Nova York, agindo como um mensageiro de Osama bin Laden, além de planejar a derrubada de um avião sobre o consulado norte-americano em Karachi, no Paquistão

    Mais:

    'Legal, seguro e humano': Trump derruba decreto de Obama e mantém Guantánamo aberta
    Detento de Guantánamo sentenciado a 13 anos de prisão por terrorismo
    Canadense preso em Guantánamo aos 15 anos receberá indenização de US$ 8 milhões
    Tags:
    Ammar al-Baluchi, Osama bin Laden, George W. Bush, Karachi, Guantánamo, Cuba, EUA, Paquistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik