00:42 15 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira da Rússia na Embaixada russa em Washington, DC.

    Rússia diz que EUA se contradizem ao falar sobre o 'fracasso do processo de Astana'

    © AFP 2018 / Mario TAMA
    Mundo
    URL curta
    201

    A embaixada da Rússia em Washington emitiu uma nota afirmando que as declarações do Departamento de Estado dos EUA sobre "o fracasso no processo de Astana" pela paz na Síria contradizem a postura dos EUA nas Nações Unidas.

    A missão diplomática russa comentou a resolução 2401, aprovada pelo Conselho de Segurança da ONU, em que, em particular, os esforços da Rússia, Turquia e Irã destacam-se como garantes do processo de paz de Astana.

    "Neste contexto, prestamos atenção às declarações da porta-voz Heather Nauert, em uma conferência de imprensa do Departamento de Estado em 22 de fevereiro, sobre o 'fracasso no processo de Astana', que contradiz com a postura dos EUA na ONU", diz a declaração da embaixada publicada em sua página do Facebook.

    O texto ressalta que ninguém fala sobre o fracasso das negociações sírias em Genebra, mesmo que estas discussões não tenham alcançado sucessos significativos na solução política na Síria.

    A embaixada diz que a Rússia nunca duvidou da importância do processo em Genebra e sempre se comprometeu com as obrigações internacionais.

    "Tudo o que a Rússia quer é alcançar, juntamente com a comunidade internacional, o mais rápido possível o fim da operação antiterrorista na Síria e ajudar a restaurar a tão aguardada e sólida paz no país", acrescenta a nota. 

    Mais:

    Bombardeio da coalizão liderada pelos EUA deixa 29 mortos na Síria
    Turquia: Resolução do Conselho de Segurança sobre Síria não se aplica à operação em Afrin
    Tags:
    embaixada, Departamento de Estado dos EUA, Astana, Síria, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik