17:31 16 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira da Coreia do Norte exposta na embaixada do país em Kuala Lumpur, na Malásia

    Campanha dos EUA de isolamento diplomático da Coreia do Norte foi apoiada por 26 países

    © AP Photo / Vincent Thian
    Mundo
    URL curta
    9412

    A campanha de isolamento diplomático da Coreia do Norte promovida pelos Estados Unidos foi apoiada por 26 países. A informação foi divulgada por um alto funcionário da administração norte-americana.

    "Nós adotamos passos concretos além das sanções para restringir o espaço diplomático da Coreia do Norte. Outros 26 países se juntaram a estes esforços nos últimos meses. Também estamos exercendo pressão sobre outros países para darem passos adicionais", disse o representante da administração dos EUA, que não especificou quais seriam esses países.

    Segundo ele, os EUA são importantes "para manter a unidade da coalizão global" contra a Coreia do Norte.

    "Queremos mostrar a Kim Jong-un que ele não tem outro caminho que não seja a desnuclearização", disse a fonte.

    Anteriormente, os EUA anunciaram que buscariam outros países para reduzir a presença diplomática da Coreia do Norte, incluindo fechamento de representações diplomáticas e embaixadas, expulsando diplomatas.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou nesta sexta-feira a adoção do maior pacote de sanções já elaborado contra a Coreia do Norte, contemplando 56 navios, empresas de transporte marítimo e importadoras que, segundo Washington, estão ajudando a Coreia do Norte a driblar as sanções já existentes.

    Mais:

    Armas nucleares para reunificação: ex-embaixador dos EUA sugere planos da Coreia do Norte
    Trump anuncia maior pacote de sanções já aplicado contra Coreia do Norte
    Moon Jae-in e Ivanka Trump discutem situação na península da Coreia
    Secretário-geral da ONU é 'capanga' dos EUA, acusa Coreia do Norte
    Tags:
    isolamento, sanções, Kim Jong-un, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik