11:38 17 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Ministro da Unificação da Coreia do Sul, Cho Myung-gyun (à esquerda), e líder da delegação norte-coreana Ri Son-gwon apertando as mãos durante negociações bilaterais na zona desmilitarizada, 9 de janeiro de 2017

    Seul planeja manter boas relações com Pyongyang mesmo depois dos Jogos Olímpicos

    © AFP 2018 / Dong-A Ilbo
    Mundo
    URL curta
    680

    O embaixador da Coreia do Sul na Rússia, Woo Yoon-keun, durante reunião com o presidente do Partido Comunista da Federação Russa, Guennadi Ziuganov, realizada nesta quarta-feira, declarou que o seu paíse deseja manter boas relações com a Coreia do Norte mesmo depois dos Jogos Olímpicos de Inverno, informou o site do partido.

    "O nosso presidente assumiu uma posição clara. Não podemos permitir um conflito armado na península da Coreia. Vamos tentar manter as boas relações com a Coreia do Norte mesmo depois das Olimpíadas", disse o diplomata.

    Mais cedo, Pyongyang informou que a irmã do líder norte-coreano Kim Jong-un, Kim Yo-jong, fará parte de uma representativa delegação que participará de eventos na Coreia do Sul, por ocasião dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018.

    Seul comemorou o fato, pois Kim Yo-jong é uma figura de peso na política do país vizinho e seria a primeira da dinastia Kim a visitar Coreia do Sul.

    Mais:

    Coreia do Norte: Exercícios militares empurrarão península coreana 'para a catástrofe'
    EUA vs Coreia do Norte: qual lado poderia colocar mundo à beira da catástrofe nuclear?
    Coreia do Sul acredita que Pyongyang busca roubar seus ativos em criptomoeda
    Tags:
    relações bilaterais, Woo Yoon-keun, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik