07:20 15 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov

    'Imunidade ao vírus nazista caiu em alguns países', diz chanceler russo

    © Sputnik / Kirill Kallinikov
    Mundo
    URL curta
    552
    Nos siga no

    O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, afirmou nesta quinta-feira que "caiu a imunidade" ao vírus nazista em alguns países, em particular na Ucrânia. A declaração foi no contexto de uma cerimônia comemorativa dedicada ao 75º aniversário da derrota das tropas nazistas na Batalha de Stalingrado.

    "Infelizmente, o sistema imunológico do vírus nazista em alguns países está significativamente enfraquecido, hoje somos testemunhas de tentativas sem escrúpulos de falsificar a história e desacreditar libertadores, inventar maneiras de encobrir os nazistas. Profundamente preocupante é a situação na Ucrânia, onde neonazistas e radicais se ergueram", disse Lavrov.

    Segundo ele, a principal conclusão dos acontecimentos da guerra deve ser a realização da necessidade de "fazer tudo para evitar a repetição de tais tragédias".

    "Não temos o direito de esquecer quais consequências desastrosas podem levar ao desejo de alcançar a dominação mundial com base na convicção de sua exclusividade", disse Lavrov.

    O chanceler russo ainda ressaltou que "o destino do mundo não pode ser determinado por um Estado ou um grupo estreito de eleitos, a segurança deve ser igual e indivisível para todos os participantes da comunidade internacional".

    Mais:

    Nazismo: grupo alemão de extrema direita cresce, fala no 'Dia X' e preocupa Berlim
    'Rússia e Europa devem lutar juntas contra ressurgimento do nazismo'
    Coreia do Norte liga Trump a Hitler e diz que o seu governo é o 'Nazismo do Século 21'
    Tags:
    fascismo, nazismo, Segunda Guerra Mundial, Sergei Lavrov, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar