15:29 22 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Vista pelo Kremlin de Moscou, Rússia (foto de arquivo)

    Moscou: declarações de Londres sobre um possível ataque russo são 'absurdas'

    © Sputnik / Kirill Kallinikov
    Mundo
    URL curta
    1022

    A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, afirmou que as declarações do ministro da Defesa do Reino Unido, Gavin Williamson, sobre os supostos planos da Rússia de atacar seu país são absurdas e impedem que as relações entre os dois países melhore.

    Em um artigo publicado no jornal The Telegraph, o ministro britânico disse que as forças russas estavam estudando a infra-estrutura vital do Reino Unido para lançar um ataque que poderia causar "milhares e milhares de vítimas".

    "É claro que essas declarações são absurdas e simplesmente impedem a possibilidade de melhorar as relações bilaterais e trabalhar em conjunto para superar os verdadeiros desafios atuais", disse Zakharova.

    Ela acrescentou que as conclusões de Williamson causaram confusão no próprio Reino Unido e enfatizaram que os serviços especiais britânicos "aconselharam-no a não especular e não entrar em pânico".

    Williamson reiterou o discurso do chefe do Exército britânico, Nick Carter, que disse que a Rússia poderia iniciar "ações hostis" de forma rápida e de uma maneira que ninguém espera.

    Na opinião de Carter, as possíveis "ações hostis" de Moscou procurariam minar a infraestrutura de segurança da Europa e a confiança na OTAN.

    A Rússia desqualificou as declarações das autoridades militares britânicas e advertiu que eles procuram desacreditar o país e aprofundar o confronto entre Moscou e o Ocidente.

    Tags:
    ataque, ameaça, Gavin Williamson, Maria Zakharova, Londres, Reino Unido, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik