20:33 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    8115
    Nos siga no

    A Turquia informou nesta quarta-feira (24) que os EUA sugeriram criar uma zona de segurança de 30 quilômetros no norte da Síria.

    Os militares turcos lançaram uma operação militar em Afrin, na Síria, no último sábado (24), depois que os Estados Unidos anunciaram seus planos para criar forças de segurança constituídas por militantes curdos na Síria, nas proximidades das fronteiras turcas.

    O ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, disse nesta quarta-feira (24) que o Secretário de Estado dos EUA propôs estabelecer uma área de segurança de 30 quilômetros no norte da Síria para evitar possíveis confrontos entre os militares dos EUA e Turquia. 

    Após discutir a situação na Síria com Tillerson por telefone, o chanceler turco disse que pediu o fim do apoio dos EUA às Unidades de Proteção Populares (YPG) curdas na Síria. 

    No dia 20 de janeiro, o Estado-Maior da Turquia anunciou o início da operação "Ramo de Oliveira" contra os combatentes curdos na cidade síria de Afrin. No domingo, o governo turco iniciou a fase de ocupação de territórios sírios, com apoio dos militantes do grupo Exército Livre da Síria, uma das principais facções da oposição ao governo de Bashar Assad.

    Damasco condenou resolutamente a agressão turca contra Afrin, que é parte integrante do território sírio.

    Tags:
    operação militar, zona de segurança, curdos, Rex Tillerson, Mevlut Cavusoglu, Afrin, Turquia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar