22:40 17 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Polícia no local da explosão ocorrida no centro de Nova York em 11 de dezembro

    Suspeito de realizar atentado em Nova York nega culpa no ataque

    © AP Photo / Andres Kudacki
    Mundo
    URL curta
    0 0 0

    O cidadão do Bangladesh, Akayed Ullah, não reconheceu sua culpa na explosão de uma bomba que ocorreu em 11 de dezembro de 2017 em um túnel subterrâneo em Nova York.

    Durante a sua primeira audiência no tribunal, Ullah, imigrante legal de 27 anos, testemunhou que não se considerava culpado pelo crime.

    Um grande júri confirmou a acusação de terrorismo e outras cinco acusações, inclusive de apoio a uma organização terrorista, usar uma arma de destruição em massa e detonar um dispositivo explosivo em um lugar público.

    O ataque que ocorreu em um túnel subterrâneo que liga a estação rodoviária de Manhattan a uma estação de metrô deixou quatro feridos, incluindo o próprio Ullah.

    Naquele momento, o suspeito foi preso e levado para um hospital.

    De acordo com a acusação, Ullah teria cometido o ataque em nome do grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico).

    Mais:

    Trump apela para a necessidade de aplicar reforma migratória após ataque em Nova York
    Suspeito de ataque em Nova York é identificado; autoridades falam em terrorismo
    Trump: Daesh pagará um alto preço por ataque em Nova York
    Tags:
    ataque terrorista, atentado, Estado Islâmico, Daesh, Bangladesh, Nova York, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik