14:44 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Press briefing by Russian Foreign Ministry Spokesperson Maria Zakharova

    Não leram o regulamento? Zakharova se diz surpresa com declaração dos EUA sobre a ONU

    © Sputnik /
    Mundo
    URL curta
    12220

    As afirmações de Washington de que conseguiu negociar um corte do orçamento das Nações Unidas são uma "troca de conceitos", pois o orçamento da ONU é resultado de negociações entre todos os Estados membros, afirmou nesta quinta-feira (28) a representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova

    No domingo (24), a Assembleia Geral da ONU adotou o orçamento da organização para 2018-2019 sob a cifra de US$ 5,395 bilhões (R$ 17,9 bilhões). De acordo com a Missão dos EUA para as Nações Unidas, os Estados Unidos negociaram uma redução de US$ 285 milhões (R$ 946 milhões) do orçamento das Nações Unidas para os próximos dois anos, em comparação com o orçamento para 2016-2017.

    "Fiquei surpresa ao ver a declaração do lado dos EUA… Essa afirmação é determinada pela situação política interna nos Estados Unidos. Gostaria de lembrá-lo de que a aprovação do orçamento das Nações Unidas é resultado de negociações entre todos os Estados membros desta organização, e não por uma decisão unilateral de um país, mesmo que seja o maior contribuinte para o orçamento das Nações Unidas", disse Zakharova na conferência de imprensa.

    Ao mesmo tempo, Moscou sempre pediu às organizações internacionais, incluindo as Nações Unidas, que implementem uma política equilibrada de contenção de custos, ressaltou o diplomata.

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou as Nações Unidas e outras organizações internacionais durante a campanha presidencial de 2016 e apontou a importância de compartilhar o fardo financeiro com outros membros da organização. A administração dos EUA vem tomando medidas para reformar a organização internacional.

    O orçamento ordinário das Nações Unidas é formado por contribuições de 193 Estados membros. Os pagamentos são estimados com base na solvência do país e são calculados com base no PIB e renda per capita dos países. Os Estados Unidos fornecem tradicionalmente a maior contribuição, ou 22% do total, um limite para a contribuição individual do país. As partes de Japão e China são de 9,6% e 7,9%, respectivamente. A Rússia responde por cerca de 3% do orçamento da organização.

    Mais:

    Zakharova: 'declarações de Boris Johnson não podem nos ofender'
    'EUA reduziram missão diplomática na Rússia por conta própria', diz Zakharova
    Por mais estranho que pareça, EUA se tornam país pária na ONU
    Por que EUA vetaram resolução da ONU sobre Jerusalém?
    Tags:
    Nações Unidas, financiamento, ONU, Maria Zakharova, Estados Unidos, Moscou, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik