12:50 19 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente russo, Vladimir Putin, se encontra com o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, Kremlin, Moscou, 23 de dezembro de 2015

    Índia quer melhorar cooperação com a Rússia na área de defesa

    © Sputnik / Aleksey Nikolsky
    Mundo
    URL curta
    1100

    A afirmação foi feita pelo vice primeiro-ministro russo, Dmitry Rogozin

    Nova Delhi está interessada em realizar mudanças nos contratos de cooperação com a indústria de defesa de Moscou, segundo afirmou o vice primeiro-ministro russo, Dmitry Rogozin,

    Ele acrescentou que isso refletiria em melhorias na qualidade das relações entre os dois países.

    "Com o novo ministro da Defesa indiano, discutimos desde questões relacionadas à mudança de conferências militares e industriais, que já realizamos este ano, ao processo de harmonização constante de notas que geralmente estão sendo identificadas durante o uso de armas e militares equipamentos ", disse Rogozin.

    "O partido indiano está extremamente interessado e isso é um novo patamar de nossas relações com a Índia", ressaltou Rogozin.

    Dmitry Rogozin está na Índia neste sábado (23) para uma visita à capital do país. A visita tem um encontro agendado com o primeiro-ministro indiano Narendra Modi.

    Antes do encontro com o chefe do Estado indiano, a agenda de Rogozin também previa participação no encontro da Comissão Intergovernamental de Cooperação Econômica, Técnico-Científica e Cultural. A visita teria como foco a cooperação econômica e militar entre os países.

    Mais:

    Índia anuncia construção de seis submarinos nucleares em meio a tensões na Ásia
    Índia testa com sucesso lançamento aéreo de míssil supersônico BrahMos
    Empresa russa anuncia venda de avançados helicópteros Mi-171A2 para a Índia
    Índia planeja lançar seu segundo submarino nuclear até início de 2018
    Tags:
    cooperação militar, cooperação econômica, BRICS, Dmitry Rogozin, Narendra Modi, Rússia, Índia, Nova Delhi
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik