09:57 16 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Sanaa após bombardeio da noite de 27 de outubro

    Ataque aéreo dos EUA mata 5 militantes da Al-Qaeda no Iêmen

    © AP Photo / Hani Mohammed
    Mundo
    URL curta
    521

    O Exército dos EUA informou nesta sexta-feira (8) que realizou ataques aéreos no dia 20 de novembro na província de Bayda, no Iêmen, que matou cinco militantes do grupo terrorista Al-Qaeda.

    De acordo com o comunicado, o ataque eliminou Mujahid al-Adani, tido como um dos líderes da cédula terrorista.

    "Al-Adani manteve uma influência significativa na Al-Qaeda, bem como laços estreitos com outros líderes da Al-Qaeda", informou o Comando Central dos EUA.

    Desde 2014, o Iêmen tem vivido um conflito armado entre os rebeldes do movimento houthi Ansar Allah, que contam com o suporte de militares partidários do ex-presidente Ali Abdullah Saleh, e as tropas do atual presidente Abd Rabbuh Mansur Hadi. 

    Os EUA alegam que grupos terroristas tem utilizado áreas desgovernadas do território iemenita para recrutar e treinar militantes e planejar ataques terroristas contra os Estados Unidos e seus aliados ao redor do mundo.


    Mais:

    Guerra esquecida: conflito na RD Congo é pior que na 'Síria, Iêmen e Iraque'
    Correspondente da Sputnik desaparecido no Iêmen entra em contato com família
    Fim da crise? Qual é o futuro do Iêmen após a morte do ex-presidente Saleh?
    Rebeldes tomam capital do Iêmen
    Tags:
    terrorismo, ataque aéreo, Al-Qaeda, Comando Central dos EUA, EUA, Iêmen
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik