21:51 17 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Ministro das Relações Exteriores da Rússia Sergei Lavrov durante uma coletiva de imprensa

    Lavrov diz que uma série de países usam formato da 'Parceria Oriental' com fins antirussos

    © Sputnik / Maksim Blinov
    Mundo
    URL curta
    590

    Alguns países da União Europeia e da "Parceria Oriental" estão determinados a usar este formato para fins contra a Rússia. A declaração é do ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, neste sábado.

    "Vemos o desejo de alguns países que são membros da União Europeia de usar a 'Parceria Oriental' para fins antirussos. Eles não são a maioria, mas eles se comportam agressivamente o suficiente", disse ele. 

    De acordo com o chanceler, "isso foi evidente, inclusive no discurso da primeira-ministra britânica, Theresa May, na cúpula da Parceria Oriental realizada em Bruxelas há alguns dias", disse Lavrov em entrevista ao canal de televisão bielorrussso STV.

    O ministro acrescentou que "a esmagadora maioria dos países da UE entende que esta é uma outra tentativa de meios inadequados" e que "introduzir um fusível antirusso em qualquer contato com os países membros da CEI é contraproducente e fútil".

    Mais:

    'Temos outras prioridades': ministro alemão pede que EUA acabem com sanções contra Rússia
    'Fogo amigo': Rússia e China ignoram protestos de Kim e impõem sanções à Coreia do Norte
    Opinião: 'Sanções europeias contra a Rússia custam milhares de empregos à Alemanha'
    Rússia 'dá o troco' e proíbe entrada de canadenses após mais sanções contra Moscou
    Tags:
    parceria, sanções, Parceria Oriental, Sergei Lavrov, União Europeia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar