21:54 16 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Cairo, Egito

    Ex-primeiro-ministro do Egito é preso nos Emirados Árabes e deportado

    © Sputnik / Eduard Pesov
    Mundo
    URL curta
    0 11

    O ex-primeiro-ministro egípcio, Ahmed Shafik, que anunciou na semana passada sua intenção de concorrer à presidência em 2018, foi preso em sua casa nos Emirados Árabes Unidos e foi deportado para o Egito.

    Funcionários do governo dos Emirados Árabes Unidos não fizeram comentários imediatos, mas uma fonte do Golfo, citada pela agência Reuters, familiarizada com o assunto disse: "Shafik pediu publicamente para ir para o Egito e seu desejo será alcançado".

    O ex-primeiro-ministro egípcio foi acusado de se aliar com a Irmandade Muçulmana, organização proibida nos Emirados Árabes, e de aparecer na televisão propagando notícias falsas para alimentar disputas entre os Emirados Árabes e o Egito

    Shafik, ex-comandante da força aérea e ministro do governo, disse na última quarta-feira que ele iria se candidatar à presidência em um anúncio enquanto se encontrava nos Emirados Árabes Unidos. O presidente Abdel Fattah al-Sisi ainda não anunciou oficialmente a intenção de concorrer ao segundo mandato, mas a expectativa é de que ele se candidate para permanecer no cargo. 

    Tags:
    militantes, deportação, preso, Irmandade Muçulmana, Emirados Árabes Unidos, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar