12:50 17 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Credenciais do canal russo foram retiradas pelo Congresso dos EUA na última quarta-feira

    Kremlin se diz desapontado com retirada de credenciais do RT nos EUA

    RT
    Mundo
    URL curta
    111
    Nos siga no

    O governo russo manifestou grande desapontamento com a decisão do Congresso dos Estados Unidos de retirar as credenciais de jornalistas da rede de TV russa RT, afirmando, no entanto, que espera ver as normas democráticas restabelecidas em breve no país. —

    "Eu gostaria de chamá-la de extremamente frustrante, errada e contra as leis — não contra as leis, contra a liberdade de imprensa e a liberdade de expressão — a decisão dos senadores e deputados dos EUA de negar credenciais à Russia Today. Não apenas ao RT America, mas também à Sputnik e outras mídias relacionadas a essa holding", afirmou o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, em conversa com jornalistas nesta quinta-feira. "Isso não é nada além, de fato, de uma restrição do trabalho da mídia. É um passo muito pouco amistoso, estamos profundamente desapontados".

    Ainda de acordo com Peskov, apesar do sentimento de frustração, a expectativa de Moscou é a de que "esse período infeliz na história norte-americana vai terminar mais cedo ou mais tarde, com a restauração das liberdades democráticas". 

    Mais:

    Guerra dos EUA contra mídia russa não parará após RT se registrar como agente estrangeiro
    Moscou diz que responderá a qualquer pressão dos EUA sobre a mídia russa
    Senadores: mídia russa tem motivos para pedir indenização ao Twitter pelos lucros perdidos
    Google: 'não há planos concretos' para dificultar a busca por notícias da RT e da Sputnik
    Deputado russo diz que ação do Google contra RT e Sputnik é ‘bombardeio e agressão direta’
    Tags:
    Russia Today, Sputnik, RT America, RT, Kremlin, Dmitry Peskov, Moscou, Washington, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar