01:30 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Exército da Ucrânia

    'Situação na Ucrânia explodirá se EUA enviarem armas letais a Kiev', diz parlamentar russo

    © AP Photo / Efrem Lukatsky
    Mundo
    URL curta
    7225
    Nos siga no

    Kiev tem buscado o fornecimento de armas letais dos Estados Unidos, mas oficialmente Washington fornece às autoridades ucranianas apenas uniformes, equipamentos e treinamento dos soldados da Guarda Nacional.

    O chefe do comitê de defesa da câmara baixa do parlamento russo, Vladimir Shamanov, declarou à Sputnik neste domingo (19) que a situação na Ucrânia irá se deteriorar fortemente se os Estados Unidos optarem por entregar armas ofensivas a Kiev.

    "Os desejos de Klimkin [chanceler ucraniano] desestabilizam bruscamente o estado de coisas mais ou menos definido na zona de conflito [Donbass], que pode ser controlada, pelo menos até certo ponto, pelas organizações internacionais e residentes locais", disse ele.

    Segundo Shamanov, o equipamento listado pela dimplocia ucraniana é ofensiva e "isso afetará negativamente todas as partes do processo político, diplomático, sem mencionar mesmo as questões militares". "Isso não só irá complicar a situação [na Ucrânia], isso vai explodir a situação", acrescentou. 

    O parlamentar ainda destacou que se os Estados Unidos decidirem entregar tais armas à Ucrânia, isto representará "o movimento mais irresponsável". 

    Mais:

    Ucrânia, EUA, Alemanha e França fazem resolução sobre missão de paz da ONU em Donbass
    EUA negam envio de armas letais para Ucrânia
    Ucrânia vai receber US$ 350 milhões dos EUA para armas e apoio contra 'ameaça russa'
    EUA se recusam a confirmar se fecharão site que ameaça jornalistas na Ucrânia
    Tags:
    forças, equipamento militar, fornecimento, armas, Pavel Klimkin, Kiev, Donbass, EUA, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar