15:09 28 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    11170
    Nos siga no

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo norte-americano, Vladimir Putin, confirmaram em declaração conjunta que não permitirão a divisão da Síria em partes e esferas de influência. A informação foi divulgada pelo representante do Departamento de Estado dos EUA.

    "Como diz a declaração conjunta, tanto os EUA quanto a Rússia estão firmemente comprometidos com a integridade territorial da Síria, este princípio foi confirmado pelos presidentes em um comunicado conjunto", diz o Departamento de Estado. 

    "Os mecanismos de prevenção de conflitos destinam-se a reduzir a violência e a criar condições para que os sírios retornem às suas casas e fortaleçam o processo político. Eles não têm como objetivo dividir a Síria em partes ou esferas de influência", acrescentou. 

    Durante um encontro realizado na cúpula da APEC no Vietnã, Putin e Trump aprovaram uma declaração conjunta sobre esforços conjuntos para combater o Daesh (Estado Islâmico) na Síria até a derrota total dos terroristas.

    Mais:

    Trump: Obama não se deu bem com Putin por 'falta de química'
    Trump: Putin poderia ajudar na questão de Pyongyang, mas ainda 'favorece Coreia do Norte'
    Putin e Trump aprovam declaração conjunta sobre Síria
    Segundo encontro: Putin e Trump se cumprimentam na cúpula da APEC
    Tags:
    zonas de segurança, Departamento de Estado dos EUA, Donald Trump, Vladimir Putin, Síria, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar