15:20 18 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    2135
    Nos siga no

    As autoridades da Coreia do Norte não pretendem negociar o seu programa nuclear, enquanto o governo norte-americano continuar com ameaças contra Pyongyang, declarou nesta sexta-feira o representante permanente do país asiático na ONU, Ja Song-nam.

    "A Coreia do Norte não realizará negociações referentes ao seu armamento nuclear ou seus mísseis balísticos, enquanto a política de agressão e ameaças nucleares dos EUA, endereçadas à Coreia do Norte, não cessem", disse o diplomata, citado pela imprensa russa.

    O representante de Pyongyang na ONU acrescentou que o seu país pretende "manter a política do desenvolvimento em duas frentes", promovendo tanto o seu potencial econômico, quanto o nuclear.

    Mais cedo, o presidente dos EUA, Donald Trump, declarou que a Coreia do Norte não deve testar a paciência de Washington e interpretar a ataul posição norte-americana em relação a Pyongyang como um sinal de fraqueza. 

    Trump também afirmou que o continente asiático não pode viver sob o signo da "ditadura" no Coreia do Norte.

    Mais:

    Macron quer revisar acordo com Irã para não criar 'uma Coreia do Norte' no Oriente Médio
    Diálogo x guerra: ida de Trump à Coreia não teve efeito 'onde interessa', dizem analistas
    EUA conduzirão raro exercício com 3 porta-aviões em meio a tensões na península da Coreia
    Senador russo: EUA e Japão estão pedindo por uma resposta nuclear da Coreia do Norte
    Trump sobre situação 'potencialmente trágica' na Coreia do Norte: 'devemos atuar rápido'
    Tags:
    Coreia do Norte, EUA, Ja Song-nam, programa nuclear
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar